The Brazilian Common National Curricular Basis and the astronomy teaching: what changes in the classrooms and in the teachers formation

Tassiana Fernanda Genzini de Carvalho, João Eduardo Fernandes Ramos

Resumo


Objetivo deste trabalho é analisar a presença dos conteúdos de astronomia na atual BNCC, procurando evidenciar as principais mudanças que ocorrerão, na medida em que os novos currículos forem implementados pelas escolas. Para tanto, realizamos um estudo histórico analisando como os conteúdos de astronomia têm mudado no currículo brasileiro, avaliando esse impacto nas salas de aula e para a formação de professores, apontando as contradições que essas mudanças têm provocado. Observamos que as demandas curriculares para o conteúdo de astronomia foram ampliadas para toda Educação Básica, com a inserção de novos temas que deverão levar a novas práticas de ensino e, consequentemente, alteração dos currículos de formação de professores.
Palavras-chave: Base Nacional Comum Curricular, Astronomia, Currículo, Formação Docente.

Texto completo:

PDF

Referências


Aguiar, M.A.S. (2018). Relato da resistência à instituição da BNCC pelo Conselho Nacional de Educação mediante pedidode vista e declarações de votos. In: Aguiar, M.A.S. & Dourado, L.F. (Orgs.) A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. Recife: ANPAE. Recuperado de https://www.seminariosregionaisanpae.net.br/BibliotecaVirtual/4-Publicacoes/BNCC-VERSAO-FINAL.pdf

Brasil - MEC – Ministério da Educação e do Desporto. (1998). Parâmetros curriculares nacionais: Ciências naturais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília, DF: MEC/SEF. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ciencias.pdf

Brasil - MEC – Ministério da Educação e do Desporto. (2000). Parâmetros curriculares nacionais ensino médio: parte III Ciências da natureza, Matemática e suas tecnologias. SEMTEC. Brasília, DF: MEC/SEF. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ciencian.pdf

Brasil - MEC – Ministério da Educação e do Desporto. (2002). Orientações educacionais complementares aos parâmetros curriculares nacionais (PCN+ – Ensino Médio). SEMTEC. Brasília, DF: MEC/SEF. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf

Brasil - MEC - Ministério da Educação (2013). Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de EducaçãoBásica. Diretoria de Currículos e Educação Integral.Brasília: MEC, SEB, DICEI. Recuperado de: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=13448-diretrizes-curiculares-nacionais-2013-pdf&Itemid=30192

Brasil - MEC – Ministério da Educação e Cultura (2018). Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC. Recuperado de http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf

Brasil - MEC – Ministério da Educação e Cultura (2019). 3ª versão do parecer – Assunto: Diretrizes Curriculares Nacionais e Base Nacional Comum para a Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica. Brasília, DF: MEC. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/docman/setembro-2019/124721-texto-referencia-formacao-de-professores/file

Carvalho, T.F.G. (2016) Da divulgação ao ensino: um olhar para o céu. (Tese de Doutorado). Pós Graduação Interunidades em Ensino de Ciências, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado dehttps://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-06102016-113657/pt-br.php

Concheti, A., Martins, V., Garcia, A.,Souza, T.& Leite, C. (2011) A astronomia em exames vestibulares e no ENEM: uma análise das questões quanto à temática e a problematização. Atas do I SNEA. Simpósio Nacional de Educação em Astronomia. Rio de Janeiro – RJ. Recuperado de http://snea2011.vitis.uspnet.usp.br/sites/default/files/SNEA2011_TCO2.pdf

Davydov, V.V. (1981) Tipos de generalizaciónenlaenseñanza. Havana: Ed. Pueblo y Educación.

Hosoume, Y., Leite, C. & Del Carlo, S. (2010) Ensino de Astronomia no Brasil — 1850 a 1951 — um olhar pelo Colegio Pedro II, In: Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 12, nº 1, 2-17. Recuperado de http://dx.doi.org/10.1590/1983-21172010120212

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (2017, fevereiro). Censo Escolar da Educação Básica 2016: notas estatísticas. Brasília, DF: MEC. Recuperado de http://download.inep.gov.br/educacao_basica/censo_escolar/notas_estatisticas/2017/notas_estatisticas_censo_escolar_da_educacao_basica_2016.pdf

Kantor, C. A. (2012) Educação em Astronomia sob uma perspectiva humanístico-científica: a compreensão do céu como espelho da evolução cultural. (Tese de Doutorado). Pós Graduação em Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de http://doi.org/10.11606/T.48.2012.tde-12062012-150132

Langhi, R. & Nardi, R. (2012) Educação em astronomia: Repensando a formação de professores. São Paulo, SP: Escrituras.

Langhi, R., Oliveira, F.A. & Vilaça, J. (2018, agosto)Formação reflexiva de professores em Astronomia: indicadores quecontribuem no processo. In: Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 35(2), pp. 461-477. Recuperado de http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2018v35n2p461

Leite, C., Bretones, P. S., Langhi, R. &Bisch, S. M. (2014) O ensino de astronomia no Brasil colonial, os programas do Colégio Pedro II, os Parâmetros Curriculares Nacionais e a formação de professores. In: Matsuura, O. (Org); História da Astronomia no Brasil. Recife, PE: Cepe.

Santos, R.O. (2019). Análise da inserção do conteúdo de astronomia no Exame Nacional do Ensino Médio (1998-2018). Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Curitiba – PR. Recuperado de http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12214

Saviani, N. (2018). Saber escolar, currículo e didática: problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico. 7ª ed. Campinas, SP: Autores Associados.

Simões, C.C. (2008). Elementos de astronomia nos livros didáticos de física. Dissertação (Mestrado) Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática– Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG. Recuperado de http://www.biblioteca.pucminas.br/teses/EnCiMat_SimoesCC_1.pdf