Cartas de Veneza: o estatuto da mímesis em César Garcia

Sonia Ramalho Farias

Resumo


"A editora Bagaço lança Cartas de Veneza (2008), segundo livro de contos de César Garcia, que estreou no gênero em 2005 com o livro Pacto. A presente coletânea, composta de treze narrativas, revela um contista em processo, buscando sintonizar-se com seu métier. A escritura se distingue por um laborioso trabalho de construção formal, que, se em alguns momentos, ainda não se mostra em sua plenitude, em outros, atinge um expressivo nível de qualidade, a exemplo do conto de abertura, que empresta seu título à obra."

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i01p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional