O Menino e as Letras em Infância, de Graciliano Ramos

Ilca Vieira de Oliveira

Resumo


Resumo: No presente texto faremos uma leitura de Infância, de Graciliano Ramos, levando em conta a relação que existe entre o menino e o mundo das letras, considerando o processo de aprendizagem, de amadurecimento e de compreensão da linguagem através de uma experiência de dor e angústia. Em Infância as fronteiras entre o tecido ficcional e referencial se misturam na tessitura narrativa, pois o sujeito empírico recria o passado e procura dar-lhe sentido. O passado do menino entre os seus familiares, principalmente no convívio como os pais e os irmãos, surge através do resgate da memória do escritor adulto. Ao descrever a insignificância do homem frente às circunstâncias da vida, o narrador apresenta-nos o primeiro contato da criança com as letras, descrevendo a experiência árdua que ela teve com as “malditas letras”; entretanto, o prazer de “decifrá-las só acontece na vida da criança quando o texto se torna “objeto proibido” que seduz e desperta curiosidade e interesse.

Palavras-Chave: Infância – leitura – aprendizagem.

 

 

Abstract: In this present work we will focus on “Infância” (Childhood) by Graciliano Ramos, taking into consideration the relationship between a boy and the Letters’ world, concerning his learning process, his getting mature and his language understanding, through an experience of pain an anguish. In “Infância”, the barriers between the fictional referential tissues are mixed in the narrative tissue, for the empiric subject recreates the past and looks for a meaning. The boy’s past with his family, mainly while living with his parents and brothers, appears through the adult writer’s memory’s rescue. When describing the insignificance of man before life’s circumstances, the narrator presents us the child’s first contact with the letters, describing the hard experience that he had with the “damned letters”. However, the pleasure of “deciphering them only happens in the child’s life when the text becomes the “forbidden object” that seduces and arouses curiosity and interest”.

Keywords: Childhood – reading – learning.


Texto completo:

PDF

Referências


CANDIDO, Antonio. Ficção e confissão: ensaios sobre Graciliano Ramos. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso: ensaios críticos III. Trad. de Lea Novaes. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990. 93-116.

BARTHES, Roland. O prazer do texto. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2002.

BRANCO, Lúcia Castelo, BRANDÃO, Ruth Silviano (orgs.). A fora da letra: estilo e representação. Belo Horizonte: Editora UFMG, PosLit – Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários - FALE/UFMG, 2000.

CECCANTINI, João Luís C. T. (org.). Leitura e literatura infanto-juvenil – memória de Gramado. São Paulo: Cultura Acadêmica; Assis, SP: ANEP, 2004

COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. 3. ed. Rio de Janeiro: José Olympio; Niterói: Editora da UFF, 1986. v.5.

GINZBURG, Jaime. Graciliano Ramos: Infância e violência. Expressão – Revista do Centro de Artes e Letras. Santa Maria, UFSM, n.1, p.129-132, v.1, jan/jun.2000.

JOZEF, Bella. “(Auto)biografia”: os territórios da memória e da história. In: LEENHARDT, Jacques, PESAVENTO, Sandra Jatahy. Campinas: Editora da UNICAMP, 1998. p.295-306.

LAJOLO, Marisa. O mundo da leitura para a leitura do mundo. 5. ed. São Paulo: Ática, 2000.

LAFETÁ, João Luiz. 1930: a crítica e o modernismo brasileiro. 2. ed. São Paulo: Duas Cidades, Ed. 34, 2000. (Coleção Espírito Crítico).

MARTINS, Maria Helena. O que é a leitura. São Paulo: Brasiliense, 2005.

MIRANDA, Wander Melo. Corpos escritos: Graciliano Ramos e Silviano Santiago. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo; Belo Horizonte: Editora UFMG, 1992.

MOURÃO, Rui. Estruturas: ensaios sobre o romance de Graciliano Ramos. 3.ed. ver. ampliada. Curitiba: UFPR, 2003.

RAMOS, Graciliano. Infância. Rio de Janeiro, São Paulo: Record, 1995.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

VERDI, Eunaldo. Graciliano Ramos e a crítica literária. Florianópolis: Editora da UFSC, 1989.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i01p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional