A percepção carnavalesca do mundo na peça Lisbela e o Prisioneiro

Fabrícia Aparecida Lopes de Oliveira Lopes

Resumo


Resumo:

Este artigo tem como objetivo demonstrar elementos de carnavalização na peça Lisbela e o Prisioneiro (2003), de Osman Lins. Por meio de um tom cômico, o autor brinca com as convenções sociais estabelecidas, renovando-as no enredo, evidenciando assim, um “mundo às avessas”, mais tolerante, enraizado nas expressões populares. Diante dessas características, na busca por ampliar as interpretações da obra, o texto foi lido à luz do conceito da carnavalização na literatura (BAKHTIN, 1999). A partir disso, foi possível perceber que Lins se apropria da atmosfera democrática da festa popular e cria um ambiente, no qual os mais fracos têm voz e poder de decisão para renovar os valores e verdades oficiais. Nesse universo ficcional carnavalizado construído pelo autor, a dura, chata e séria realidade cheia de regras impostas pelos tipos ficcionais mais fortes foram neutralizadas, ou melhor, o medo de punição foi abolido e, com isso, todo desejo de liberdade dos personagens oprimidos pode se concretizar nessa segunda vida mais risonha e libertária, proporcionada pelos elementos de carnavalização presentes no texto. Dessa forma, o resultado aqui divulgado aprofunda a fortuna crítica do autor e contribui com o campo dos estudos literários.

Palavras-chave: carnavalização, cultura popular, Osman Lins.


Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail. Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1999.

BARROS, Diana Luz Pessoa de.; FIORIN, José Luiz (Orgs.). Dialogismo, polifonia e intertextualidade: em torno de Mikhail Bakhtin. São Paulo, 1994.

LINS, Osman. Lisbela e o Prisioneiro. São Paulo: Planeta, 2003.

PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia: construção do personagem. São Paulo: Editora Ática, 1989




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i13p415-431

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional