Ações do professor e do universitário nas práticas de ensino e de aprendizagem da escrita acadêmica: o papel da avaliação e da reescrita no processo de apropriação do gênero resenha

Juliana Alves Assis

Resumo


Neste artigo, ocupo-me da reflexão sobre o letramento acadêmico, assumindo, em coerência com os princípios do Interacionismo Sociodiscursivo (BRONCKART, 1999, 2006) e com outras abordagens que dialogam com esse programa de trabalho, o papel central que as atividades de linguagem possuem nas mediações formativas que visam ao desenvolvimento humano. De forma a levar a cabo essa intenção, analiso dados coletados no âmbito de disciplina de curso de Letras, por meio dos quais se flagram as ações do professor e do estudante no processo de apropriação do discurso científico.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, Juliana Alves; MATA, Maria Aparecida da. A escrita de resumos na formação inicial do professor de Língua Portuguesa: movimentos de aprendizagem no espaço da sala de aula. In: KLEIMAN, Angela Bustos; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles (Org.). Letramento e formação do professor: práticas discursivas, representações e construção do saber. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2005. p. 181-202.

ASSIS, Juliana Alves. O agir do professor em formação nas práticas de correção de textos: pistas do processo de construção identitária. Estudos Linguísticos/Linguistic Studies, Lisboa, n. 3, edições Colibri/CLUNL: Lisboa, 2009.

ASSIS, Juliana Alves; BOCH, Françoise; RINCK, Fanny. Qual abordagem erigir para pensar as práticas de leitura e escrita na formação acadêmica e/ou na vida profissional? Scripta, Belo Horizonte, v. 16, n. 30, p. 7-15, 1. sem. 2012.

ASSIS, Juliana Alves. Representações sobre os textos acadêmico-científicos: pistas para a didática da escrita na universidade. São Paulo, Estudos Linguísticos, v. 43, 2014. No prelo.

BARRÉ-DE MINIAC, Christine. Le rapport à l’écriture: aspects théoriques et didactiques. Villeneuve d’Ascq: Presses Universitaires du Septentrion, 2002.

BARTLETT, Lesley. To Seem and to Feel: Situated Identities and Literacy Practices. Teachers College Record, v. 109, n. 1, p. 51-69, 2007.

BENVENISTE, Émile. Problemas de linguística geral II. 2. ed. Campinas, SP: Pontes; Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1989.

BOCH, Françoise; GROSSMANN, Francis. Referir-se ao discurso do outro: alguns elementos de comparação entre especialistas e principiantes. Scripta, Belo Horizonte, v. 6, n. 11, p. 97 108, 2002.

BOCH, Françoise; RINCK, Fanny (Ed.). Énonciation et rhétorique dans l’écrit scientifique, Lidil, Grenoble, Université Stendhal, n. 41, 2010.

BOCH, Françoise ; PONS-DESOUTTER, Martine. Le résumé de communication: Analyse contrastive en didactique du français et en formation d’adultes. Revue d'anthropologie des connaissances, v. 4, n. 3, p. 527-549, 2010. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2014.

BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, textos e discursos: por um interacionismo sócio discursivo, São Paulo: EDUC, 1999.

BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, discurso e desenvolvimento humano. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2006.

DABÈNE, Michel; REUTER, Yves (Ed.). Pratiques de l’écrit et modes d’accès aux savoirs dans l’enseignement supérieur, Lidil, Grenoble, n. 17, 1998.

DELCAMBRE, Isabelle. Formes diverses d'articulation entre discours d'autrui et discours propre. Analyse de commentaires de textes théoriques. Lidil,Grenoble, n. 24, p. 135-166, p. 2001.

DELCAMBRE, Isabelle; LAHANIER-REUTER Dominique. Discours d'autrui et littéracies universitaires : qu'en disent les étudiants en sciences humaines ? Communications Internationales avec actes (ACT), 2011.

KLEIMAN, Angela Bustos. Modelos de letramento e as práticas de alfabetização na escola. In: KLEIMAN, Angela Bustos (Org.). Os significados do letramento: uma nova perspectiva sobre a prática social da escrita. Campinas, SP: Mercado de Letras, 1999.

KLEIMAN, Angela Bustos (Org.). A formação do professor: perspectivas da lingüística aplicada. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2001.

KLEIMAN, Angela Bustos. Avaliando a compreensão: letramento e discursividade nos testes de leitura. In: RIBEIRO, Vera M. (Org.). Letramento no Brasil: reflexões a partir do INAF 2003. p. 209-225.

KLEIMAN, Angela Bustos; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles (Org.). Letramento e formação do professor: práticas discursivas, representações e construção do saber. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2005. p. 203-228.

LEA, Mary R.; STREET, Brian V. The “Academic Literacies” model: theory and applications. Theory into Practice, v. 45, n. 4, p. 368-377, 2006.

MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles. Retextualização de textos acadêmicos: leitura, produção de textos e construção de conhecimentos. Projeto de Pesquisa/FAPEMIG. Belo Horizonte: PUC MINAS, 2001.

MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles. Atividades de (re)textualização em práticas acadêmicas: um estudo do resumo. Scripta, Belo Horizonte, v. 6, n. 11, p. 109-122, 2002.

MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles. Gêneros do discurso e apropriação de saberes: (re)conhecer as práticas linguageiras em sala de aula. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, v. 8, n. 3, p. 541-562, set./dez. 2008. Disponível em: . Acesso em: 2 fev. 2013.

POLLET, Marie-Christine. Pour une didactique des discours universitaires: étudiants et système de communication à l’université. Bruxelles: De Boeck Université, 2001.

RUIZ, Eliana Maria Severino Donaio. Como se corrige redação na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2001.

SERAFINI, Maria Teresa. Como escrever textos. Tradução de Maria Augusta B. de Mattos. São Paulo: Globo, 1989.

SILVA, Jane Quintiliano Guimarães; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles. Referência pessoal e jogo interlocutivo: efeitos identitários. In: KLEIMAN, Angela Bustos; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles (Org.). Letramento e formação do professor: práticas discursivas, representações e construção do saber. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2005. p. 245-266.

SILVA, Jane Quintiliano Guimarães. O memorial no espaço da formação acadêmica: (re)construção do vivido e da identidade. Perspectiva, Florianópolis, v. 28, n. 1, 2010.

SILVA, Jane Quintiliano Guimarães; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles. Produzindo resenhas acadêmicas. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2014. No prelo.

STREET, Brian V. Social literacies: critical approaches to literacy in development, ethnography and education. Harlow (England), London: Longman, 1995.

STREET, Brian V. “Hidden” features of academic paper writing. Working Papers in Educational Linguistics, v. 24, n. 1, p. 1-17, 2009.

STREET, Brian V. Dimensões “escondidas” na escrita de artigos acadêmicos. Perspectiva, Florianópolis, v. 28, n. 2, dez. 2010. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2013.

SWALES, John Malcolm; FEAK, Christine B. Academic writing for graduate students: essential tasks and skills. Michigan: University of Michigan Press, 2004.

VIGOTSKI, Lev Semionovich. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

VIGOTSKI, Lev Semionovich. Pensamento e linguagem. Tradução de Jefferson L. Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

VOLOCHÍNOV, Valentin [BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich]. Marxismo e Filosofia da Linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 2006. Original publicado em 1929.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i13p543-561

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional