Representações do papel docente em Projetos Político-Pedagógicos de cursos de Letras: análise das vozes e das modalizações

Lena Lúcia Espíndola Rodrigues Figueirêdo

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar resultados obtidos em nossa pesquisa, que analisou como o papel do professor é representado, através da linguagem, em textos que compõem o Projeto Político-Pedagógico (PPP) do Curso de Letras de universidades públicas cearenses. Para desenvolver o tema, uma das análises que fizemos, tomando como categoria a arquitetura textual, foi a dos mecanismos enunciativos, as vozes e modalizações a partir do aporte teórico metodológico do Interacionismo Sociodiscursivo. O corpus da pesquisa se constituiu de textos de sete Projetos Político-Pedagógicos, especificamente os textos que tratam da apresentação, do conteúdo temático, da missão e dos objetivos dos cursos. Nosso pressuposto de base, o de que o papel dos professores formadores é apagado ou diluído nesses textos de caráter prescritivo, foi se confirmando à medida que concluíamos a análise dos dados. Ao analisar, na arquitetura textual, os mecanismos enunciativos, constatamos que dos 17 textos estudados, em apenas três, a voz do produtor textual faz referência explícita aos docentes e, por conseguinte, as modalizações pouco são referenciadas a esses docentes. Nós defendemos que seja claramente explicitado, em documentos que compõem um PPP, o papel que esses educadores desempenham, como protagonistas relevantes do processo educativo. Dado o limite do artigo, trazemos os resultados da análise efetuada num documento de um dos PPP examinados.

 

Palavras - chave: Projeto Político-Pedagógico. Interacionismo Sociodiscursivo, Representações do papel docente. Vozes. Modalizações.


Texto completo:

PDF

Referências


AMIGUES, R. Trabalho do professor e trabalho de ensino. In: MACHADO, A. R. (Org.). O ensino como trabalho: uma abordagem discursiva. Londrina, PR: EDUEL, 2004.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20/12/1996- Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário oficial [da] união, Brasília, DF, 1996.

BRONCKART, J-P. Atividade de linguagem, textos e discursos: por um interacionismo sócio-discursivo. Tradução de Anna Rachel Machado. Revisão de Eveline Bouteiller kavakama. São Paulo: EDUC, 2007.

______.; MACHADO, A. R.. Procedimentos de análise de textos sobre o trabalho educacional. In: MACHADO, A. R. O ensino como trabalho: uma abordagem discursiva. Londrina, PR : EDUEL, 2004.

________. O agir nos discursos: das concepções teóricas às concepções dos trabalhadores. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2008.

CHARAUDEAU, P.; MAINGUENEAU, D. Dictionnaire d’analyse du discours. Paris: Seuil, 2002.

CORDEIRO, G. S.; TASCHETTO, T. R., Genres de textes oraux et la subjectivité de l’énonciateur. Estudos Linguísticos, Revista do Centro de Linguística da Universidade Nova Lisboa (CLUNL). Lisboa: Edições Colibri, nº3, p.171/184, jun. 2009.

HABERMAS, J. Théorie de l’agir communicationnel, t. I et II., Paris: Fayard, 1987.

LEURQUIN, E. V. L. F. O relatório de observação de aulas como um viés de acesso ao ensino / aprendizagem de língua materna. In: MATTES, M., THEOBALD P. (Org.) Ensino de línguas, questões práticas e teóricas. Fortaleza: Edições UFC, 2008.

MENEGHEL, S. M. & LAMAR, A. R. Avaliação como construção social – reflexões sobre as políticas de avaliação da educação no Brasil. In: SOBRINHO, J. D. & RISTOFF, D. I.(Orgs.). Avaliação democrática – para uma universidade cidadã. Florianóplolis: Insular, 2002.

MIRANDA, F. Textos e gêneros em diálogo- uma abordagem linguística da intertextualização. Fundação Calouste Gulbenkian- Fundação para a Ciência e a Tecnologia, 2010.

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Letras (Licenciatura e Bacharelado) Português, Inglês espanhol e Francês. v. I., 2005/2007. Fortaleza: Fundação Universidade Estadual do Ceará- Universidade 1- Pró-Reitoria de Graduação- PROGRAD- Centro de Humanidades, 2007. 99p.

SAUSSURE, F. (de). Cours de linguistique générale. Paris: Payot,1916.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i13p718-738

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional