Organização do Conhecimento e Kant: uma análise do debate epistemológico sobre realismo e idealismo

Leila Cristina Weiss, Marisa Bräscher

Resumo


Estudos epistemológicos podem contribuir para o campo de Organização do Conhecimento (OC). Um importante tema de pesquisa em epistemologia é a distinção entre realismo e antirrealismo ou idealismo. Tal tema recebeu contribuições do filósofo Immanuel Kant, no sentido da definição de uma terceira via para a dicotomia. O presente trabalho tem como propósito refletir sobre o reconhecimento da necessidade de uma terceira via para a dicotomia realismo versus idealismo na OC. Caracteriza-se esse debate em epistemologia, de acordo com Hessen (1980) e Norris (2007), buscam-se as convergências sobre esse debate nas pesquisas sobre as posturas epistêmicas e abordagens na OC, e identifica-se elementos de tal debate nas pesquisas em OC que abordam o pensamento de Immanuel Kant. Considera-se que uma terceira via para a dicotomia realismo versus idealismo na OC seria bem vinda. Pois essa dicotomia da teoria epistemológica se reflete na pesquisa em OC. Um exemplo desse reflexo é o debate sobre abordagem ontológica e epistemológica e postura positivista e pragmática na OC. Nesse sentido, o pensamento de Immanuel Kant, em especial sua filosofia transcendental presente na obra ‘A crítica da razão pura’, pode ser considerado como opção para fundamentar as pesquisas em OC.

Palavras-chave


Realismo. Idealismo. Immanuel Kant. Epistemologia. Organização do Conhecimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista IRIS  -  Informação, Memória e Tecnologia (ISSN: 2318-4183) é publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco e está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Based on a work at www.periodicos.ufpe.brPermissions beyond the scope of this license may be available at https://periodicos.ufpe.br/revistas/IRIS/index.