Informação e Conhecimento na vivência social das cidades: um caminho para a sustentabilidade ambiental

Frederico Cordeiro Martins, Priscila Reis dos Santos

Resumo


Trata-se de um ensaio teórico para compreensão das contribuições científicas da ciência da informação na vivência social das cidades como instrumento voltado para sustentabilidade ambiental e que preencha as lacunas omissivas das instituições, Institutional Void, no tocante às políticas públicas da gestão de resíduos sólidos. É problematizado a partir dos transtornos vivenciados pelas cidades em relação aos resíduos sólidos, nas omissões da gestão ambiental do poder público municipal e na necessidade de desenvolvimento sustentável. Para elaboração, além da literatura clássica, foram estudados artigos publicados em periódicos, levantados por procedimento de busca no Portal de Periódicos da CAPES e da Scielo, com termos combinados a partir da utilização de operadores Booleanos, em português, inglês e espanhol, nos últimos cinco anos, considerados apenas os artigos cujo texto completo estivesse disponível. A pesquisa possibilitou estabelecer uma relação entre os temas para criar uma base conceitual necessária ao desenvolvimento de estudos empíricos voltados para a sustentabilidade ambiental a partir da informação e do conhecimento na vivência social.

Palavras-chave


Informação, cidades, Institutional Void, resíduos sólidos e sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista IRIS  -  Informação, Memória e Tecnologia (ISSN: 2318-4183) é publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco e está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Based on a work at www.periodicos.ufpe.brPermissions beyond the scope of this license may be available at https://periodicos.ufpe.br/revistas/IRIS/index.