A contribuição da Auditoria Interna, Gestão Estratégica e Gestão de Risco no Modelo de Governança na Administração Pública Federal Brasileira

Rubens Carlos Rodrigues, Mariete Ximenes Araújo Lima, Maria Araci de Lima

Resumo


A Governança pública, dentro de uma nova perspectiva de controle, tem sua ênfase na mudança de comportamento da gestão responsável pela normalização e fiscalização de temas ou segmentos específicos da administração, sendo importante verificar o gerenciamento da gestão estratégica das empresas públicas, bem como a Auditoria Interna pois atua sobre os sistemas de controle interno e sobre os processos de gestão das instituições a que se vinculam, observando os riscos envolvidos nas atividades. Assim, a presente pesquisa tem o objetivo de avaliar a adequação dos mecanismos de governança na gestão das instituições públicas federais contemplando três dimensões: Gestão estratégica, Gestão de riscos e Auditoria Interna no modelo de governança na Administração Pública Federal Brasileira. A relevância deste estudo está fundamentada na reflexão e relação destas três dimensões, ao atuar como ferramentas de aprimoramento na administração pública e reforçando princípios como a transparência, a accountability, a governança e o desempenho. Tendo como base dados secundários oriundos no levantamento Integrado de Governança do Tribunal de Contas da União (TCU), ciclo 2018, composto por 498 organizações públicas, procedeu-se com pesquisa descritiva, com corte transversal e quantitativa, utilizando o método de análise fatorial com decomposição em componentes principais e o método dos mínimos quadrados ordinários (MQO) para elaborar a regressão linear.  Dentre os resultados têm-se que na análise fatorial foram identificados seis fatores, cujo fator com maior poder explicativo foi atribuído o nome de “Modelo de gestão” Esse índice é responsável por mais de 35% da variância das variáveis do modelo. No total o modelo de análise fatorial foi capaz de explicar mais de 63% da variância de todas as variáveis. A regressão linear indicou que melhorias na gestão estratégica, na gestão de riscos e na auditoria trazem melhorias no modelo de governança pública.


Apontamentos



Organização:

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC/UFPE