Uma Análise de Conteúdo da Influência das Cartas Comentários nas Alterações da Seção 1 – Objetivo da Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro de Propósito Geral da Estrutura Conceitual Proposta pelo IASB

Dyanne Rafaela de Araújo Barreto, Márcia Ferreira Neves Tavares

Resumo


Esta pesquisa buscou investigar, através da análise de conteúdo das cartas comentários enviadas ao IASB, relativas à Seção 1 – Objetivo da elaboração e divulgação de relatório contábil-financeiro de propósito geral do "Conceptual Framework for Financial Reporting" a influência das propostas dos diversos constituintes, e se essas foram acatadas ou não na elaboração da norma final. Usou-se a metodologia de caráter exploratório, análise de conteúdo das cartas comentários, do documento base de Conclusão do IASB e também o teste estatístico não paramétrico Qui Quadrado. Como resultado, percebeu-se que, a maior parte das empresas que contribuíram para o debate foi de origem Europeia e que a grande maioria concordou com as visões preliminares sobre a questão, entretanto, foram sugeridas por estas, algumas complementações. Algumas outras não se posicionaram ou discordaram de alguns itens, e sugeriram algumas alterações, porém, a pesquisa evidenciou que o IASB manteve o posicionamento anterior sugerido, não achando convincentes e necessárias as propostas de alterações, entretanto, complementou alguns itens com explicações na base de conclusão, como solicitado em algumas cartas-comentário. A conclusão indica que as empresas tiveram uma grande participação nesse Exposure Draft estudado, foi o grupo que mais enviou cartas comentários ao IASB. Em relação à 1º questão da seção 1 a grande maioria apoiou as sugestões feitas pelo órgão normatizador, e solicitaram algumas explicações em sua base de conclusão, onde o IASB considerou necessário acatar algumas delas como, por exemplo, clarificar o objetivo dos relatórios financeiros e explicar as decisões de alocação de recursos, fornecer informações necessárias para avaliar a gestão de administração de recursos da entidade e, melhor explicar a noção de prudência, dessa forma contribuindo para o melhor entendimento dos interessados no que diz respeito a Estrutura Conceitual para Relatórios Financeiros.


Texto completo:

Artigo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Organização:

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC/UFPE