O PORTAL DA TRANSPARÊNCIA NO EXERCÍCIO DO CONTROLE SOCIAL: Percepção e atuação dos discentes de uma instituição de ensino superior

José Romário de Góis Lima, Ronaldo José Rêgo de Araújo, José Jailson da Silva, Cícero Elielson de Mendonça Oliveira

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo a análise sobre a forma como os estudantes das Ciências Contábeis, Econômicas e Administrativas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte têm exercido o Controle Social na gestão dos recursos públicos, a partir da utilização dos Portais da Transparência. E para que tal objetivo fosse alcançado, fez-se necessária a aplicação de um questionário aos discentes, tendo como meta verificar até que ponto as informações disponibilizadas nos Portais da Transparência deram base para o exercício do Controle Social pelos discentes, levantar qual a opinião dos pesquisados no que tange à importância da disponibilidade das informações prestadas pelos Portais da Transparência e analisar o nível de participação dos graduandos no Controle Social. Ao todo, participaram 137 alunos dos referidos cursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A análise dos dados coletados deu suporte para o conhecimento sobre a atuação dos discentes no Controle Social, a partir da utilização dos Portais da Transparência. Desse modo, chegou-se ao resultado que mesmo os discentes conhecendo a importância do Controle Social e sabendo que os Portais da Transparência são ferramentas facilitadoras, a maioria dos participantes tem baixa participação no Controle Social e não se acharam estimulados a participar do exame dos dados inseridos nos Portais da Transparência.


Texto completo:

Artigo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Organização:

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC/UFPE