Uma Análise dos reflexos nas demonstrações contábeis da Vale SA após o reconhecimento de Passivos ambientais pela Samarco SA.

Fernando Volpato, Márcia Ferreira Neves Tavares

Resumo


Com o avanço da contabilidade e a chegada de novas tecnologias, a contabilidade ambiental vem ganhando um grande destaque no cenário contábil mundial. Os passivos ambientais, responsáveis por mensurar os danos e impactos causados pelas empresas ao meio ambiente, tem o papel de demonstrar os reais reflexos contábeis e financeiros que a empresa terá que se responsabilizar. Em 2015 a empresa Samarco SA se envolveu em acidente ambiental, causando danos para a fauna e a flora da região afetada. A contabilidade ambiental foi responsável por quantificar as obrigações da empresa após os acordos feitos por ela com os órgãos brasileiros competentes. Mas esse reconhecimento nem sempre é de fácil mensuração, o que ainda é motivo de debate entre os doutores no assunto. Nesse artigo, buscou-se expor as principais características que devem ser usadas pelas empresas para o reconhecimento desses passivos ambientais de forma que estes sejam demonstrados com fidedignidade. Outro foco abrangido pelo trabalho é no impacto que as provisões desses passivos ambientais geraram na empresa Vale SA, que controla a Samarco junto com a BHP Billiton Brasil Ltda com partes iguais. A metodologia perpassou pela análise das demonstrações contábeis, da investidora e investida. Analisando assim os procedimentos usados pela controladora Vale, através do método de equivalência patrimonial, para refletir em suas demonstrações contábeis os impactos do rompimento da barragem de Mariana em Minas Gerais. Através da análise percebeu-se que a empresa Samarco realizou todos os procedimentos elucidados e abrangidos pela legislação brasileira para o reconhecimento dos passivos. Já a Vale, não cumpriu com as exigências que deveria, pelo reconhecimento desses passivos pelo método de equivalência patrimonial.

Texto completo:

Artigo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Organização:

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC/UFPE