MUDANÇAS POSICIONAIS DA LINHA DE COSTA NAS PRAIAS DO PINA E DE BOA VIAGEM, RECIFE, PE, BRASIL

Maria das Neves GREGÓRIO, Tereza Cristina Medeiros de ARAÚJO, Francisco Jaime Bezerra MENDONÇA, Rodrigo MIKOSZ GONÇALVES, Rafael Lopes MENDONÇA

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar a evolução espacial e temporal da linha de costa considerando um intervalo de 48 anos (1960-2008) para as praias urbanas do Pina e de Boa Viagem (Recife, PE, Brasil).  O levantamento multitemporal da linha de costa foi baseado na análise de dados vetoriais fotogramétricos (1960, 1974, 1981, 1997 na escala 1: 6.000) e dados coletados por GNSS para o ano de 2008. A área de estudo foi dividida em quatro setores (A, B, C e D). Como resultados o setor A obteve taxas de retrogradação onde o valor para a maior taxa foi de -1,8 m/ano (1960-1974).  Para o setor B destaca-se a progradação para o intervalo de 1960-1974 (2,5 m/ano). As maiores taxas de retrogradação se encontram no setor C (-0,87; -0,56; -0,44, durante os períodos de 1960-1981, 1960-1997 e 1960-2008 respectivamente). O setor D obteve como resultado a retrogradação para todos os intervalos analisados, sendo que a maior taxa encontrada foi para o de 1960-1974 (-1,6 m/ano). Por fim, observou-se que não há uma relação linear em relação às mudanças da linha de costa para os setores analisados demonstrando o complexo comportamento hidro-sedimentar destas praias urbanas.

Palavras-Chave: monitoramento costeiro, análise multi-temporal, erosão marinha.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v45i1.15200

Apontamentos

  • Não há apontamentos.