FENOLOGIA DE Amansia multifida E Vidalia obtusiloba (CERAMIALES, RHODOPHYTA) EM RECIFE DE UMA PRAIA DO NORDESTE ORIENTAL DO BRASIL

Maria das Dores dos SANTOS GEYER, Edson Regis Tavares Pessoa Pinho de VASCONCELOS, Thiago Nogueira de Vasconcelos REIS, Adilma de Lourdes Montenegro COCENTINO, Mutue Toyota FUJII

Resumo


As rodofíceas Amansia multifida e Vidalia obtusiloba ocorrem principalmente nos recifes costeiros das regiões tropicais. As espécies são produtoras de substâncias farmacêuticas, como analgésicas, antibióticas e antioxidantes, com expressivo potencial biotecnológico. Em vista disso, os aspectos fenológicos das populações de A. multifida e V. obtusiloba que ocorrem nos recifes da Praia de Boa Viagem, em Recife, foram analisados visando auxiliar o manejo e conservação destes recursos marinhos. Aleatoriamente, 15 espécimes de cada táxon foram coletados mensalmente de dezembro/2013 a novembro/2014, para analisar as fases reprodutivas e padrões de crescimento. Os resultados sugerem que a fase tetrasporofítica predomina sobre a gametofítica em ambos os táxons. Em relação à Amansia multifida, apenas a fase tetrasporofítica e os espécimes não férteis foram encontrados. Em Vidalia obtusiloba foram registradas as fases gametofíticas, cistocárpica, tetrasporofítica e não fértil. Quantitativamente foi analisado um total de 180 espécimes durante o período estudado, dos quais 14 espécimes são da fase gametofítica masculina e cinco são da fase feminina com cistocarpo. A preponderância da fase tetrasporofítica sobre as demais fases é um evento observado em outras espécies de Rhodophyta.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v45i2.231727

Apontamentos

  • Não há apontamentos.