Ocorrência de Mycteroperca bonaci (Poey, 1860) (Teleostei: Serranidae: Epinephelinae) no Canal de Santa Cruz, Pernambuco, Brasil.

Simone Ferreira TEIXEIRA, Susmara Silva CAMPOS

Resumo


O Canal de Santa Cruz é um braço de mar localizado a 50km ao norte de Recife. É caracterizado como sendo uma região eutrófica, capaz de sustentar uma complexa teia trófica. Várias espécies de peixes recifais jovens ou adultos são citadas para esta área, indicando o uso do canal em uma parte do seu ciclo de vida. Em novembro de 1999, sete exemplares de Mycteroperca bonaci foram capturados pelo barco de pesca "Xuxa". Estes peixes tinham, em média, 10,48 ± 0,88 cm de comprimento total e comprimento médio padrão de 9,41 ± 1,02cm. Dois peixes apresentaram peso total de 13,368g e 14,912g, para um comprimento total de 10,5 e 11,4cm, respectivamente. Este trabalho representa a primeira citação do serranídeo Mycteroperca bonaci para o canal de Santa Cruz, que utiliza este ambiente como local de alimentação e de abrigo em seus primeiros estágios de vida. Palavras-chave: Serranidae, Mycteroperca bonaci, estuário, tropical, Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v28i2.2827

Apontamentos

  • Não há apontamentos.