Microfácies carbonáticas do Furo ESAM, Mossoró – RN.

Lucia Seve de Sant’Ana BARBOSA

Resumo


O furo ESAM está localizado no terreno da Escola Superior de Agronomia de Mossoró, Rio Grande do Norte. Nesse furo, foram testemunhados sedimentos cretácicos relacionados com o início da seqüência marinha da Bacia Potiguar. O intervalo estudado, está compreendido entre as profundidades de 3,00m e 364,00m, ou seja, até o contato com os arenitos da Formação Açu. Para determinar suas microfácies e a biofaciologia da seqüência dos carbonatos, foram realizados estudos petrográficos e micropaleontológicos, de acordo com a metodologia específica, dando enfoque aos parâmetros bioestratigráficos e litoestratigráficos. A determinação das biomicrofácies da referida seqüência sedimentar mesozóica, propiciou a datação da mesma no Turoniano. Dentre os microfósseis contidos nessa biota, geralmente mal preservados, foram determinados: ostracodes representados pelos gêneros: Bairdia; Cytherella; Brachycythere; Macrocypris; Paracypris; Krithe; Buntonia; e Cythereis. Os foraminíferos estão representados, principalmente, por miliolídeos do gênero Quinqueloculina, ocorrendo também, o gênero Siphogenerinoides. Os globigerinoides são raros e ocorrem na fase biodetrítica superior do furo ESAM. Em ordem decrescente de percentual, estão os fragmentos de: algas calcárias; moluscos, principalmente gastrópodes e bivalves; equinoides; e briozoários. Palavras-chave: microfácies, microfósseis marinhos, Turoniano

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v28i2.2831

Apontamentos

  • Não há apontamentos.