A Subfamília Drilliinae (Gastropoda Turridae) na costa norte e nordeste do Brasil - Taxonomia e considerações ecológicas.

Wladimir Siqueira dos Santos, Deusinete de Oliveira TENORIO

Resumo


Foram estudados com objetivo de identificação taxonômica e do substrato abrigador preferencial gastrópodes da família Turridae, Drilliinae Morrison, 1966 coletados da costa norte e nordeste do Brasil entre as coordenadas de 05o 28’00”N e 08o 21’05”S, através de dragagens realizadas pelas expedições Oceanográficas: Geomar I, Norte e Nordeste I, Norte e Nordeste II, Norte e Nordeste IV (PAVASAS), Pesquisador IV, Pesca Norte I, Pernambuco, Itamaracá e Recife. Esses gastrópodes em geral apresentam a concha de pequenas dimensões, fusiformes e com ornamentação variada, o canal sifonal é incompleto, o sinus tem forma de U sobre a região do ombro e a fórmula radular é 1.1.1.1.1.1. A identificação Taxonômica levou em consideração os caracteres conquiológicos observados sob microscópio estereoscópico e a sistemática adotada foi baseada em Powell (1942), Abbott (1974) e Rios (1994). Foram identificados nove gêneros, 18 espécies, destacando-se como gêneros mais representativos: Clathrodrillia, Splendrillia, Leptadrillia e Cerodrillia. A relação entre número de espécimens, sedimento abrigador, revelou que os Drilliinae têm preferencia pelo substrato arenoso. Palavras chave: Drillinae, Turridae, Costa Norte e Nordeste do Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v30i1.3874

Apontamentos

  • Não há apontamentos.