Variação Sazonal e Espacial da Biomassa Fitoplanctônica Relacionada com Parâmetros Hidrológicos no Estuário de Barra das Jangadas (Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil).

Elisângela de Sousa BRANCO, Fernando Antônio do Nascimento FEITOSA, Manuel de Jesus FLORES MONTE

Resumo


Esta pesquisa teve o objetivo de determinar a variação espacial e sazonal da biomassa fitoplanctônica e sua relação com alguns parâmetros hidrológicos do estuário de Barra das Jangadas, onde foram realizadas coletas mensais, no período de março/99 a fevereiro/00, na superfície com garrafa de Nansen e Van Dorn. Constatou-se que existe uma sazonalidade da biomassa com maiores valores no período chuvoso. Estes dados mostraram uma relação direta com o nitrato e material em suspensão e inversa com a transparência da água, temperatura, salinidade, fosfato e silicato. Quanto à distribuição espacial da biomassa observou-se um gradiente decrescente das estações mais costeiras para as mais internas na baixa-mar ao contrário da preamar, mostrando a influência marinha no estuário. A fração <20µm foi a mais representativa, contribuindo com mais de 90% da biomassa total. O fosfato e o silicato apresentaram maiores teores no período seco, sendo o inverso do nitrato e da biomassa. Todos os sais nutrientes apresentaram variações espaciais com maiores concentrações nas estações mais internas, apresentando um gradiente crescente da estação 1 para a 4. Palavras chave: estuário, fitoplâncton, biomassa, hidrologia e variação espaço-temporal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v30i2.3896

Apontamentos

  • Não há apontamentos.