Hydrodynamic Influence on Meiofauna Distribution on Two Sandy Beaches in Rio de Janeiro.

Catarina Ramis NOGUEIRA, Rodrigo Soares Pereira de SKOWRONSKI

Resumo


meiofauna de duas praias com diferentes características hidrodinâmicas no litoral do Rio de Janeiro foi estudada, uma em 1993 (SJB) e outra em 1994 (GB), com o objetivo de se fazer um levantamento inicial da comunidade para futuros trabalhos nestas áreas e de se entender melhor o papel que o hidrodinamismo possui na estruturação da comunidade meiofaunística. A praia de São José do Barreto (SJB), com 20 Km de extensão, localiza-se no litoral norte e caracteriza-se pela alta energia das ondas. Por outro lado, a Praia do Galeão (GB), com 500 m de extensão, localiza-se no interior da Baía de Guanabara e possui características estuarinas. As amostras foram obtidas com um coletor de PVC de 30 cm de altura e 3,5 cm de diâmetro interno, subdividido em 2 segmentos de 15 cm de altura cada um. Foram realizados dez perfis em SJB e cinco em GB, com dois pontos de coleta em cada um dos mesmos. As análises sedimentológicas mostraram serem ambas as praias caracterizadas por areias grossas. Os grupos dominantes foram Nematoda, Oligochaeta, Turbellaria e Copepoda em ambas as praias. As densidades médias variaram de 14 a 390 ind.10 cm-2 em SJB e de 241 a 989 ind.10 cm-2 na praia do Galeão. A Análise de Ordenação MDS demonstrou que a estrutura das comunidades da meiofauna foi direcionada principalmente pelas características granulométricas encontradas ao longo dos transectos e o hidrodinamismo parece estar influenciando diretamente o estabelecimento da meiofauna entre os estratos. Palavras chave: Meiofauna, praias arenosas, distribuição espacial, hidrodinamismo, Rio de Janeiro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v31i2.5019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.