Fecundidade de Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) (Crustacea, Brachyura, Grapsidae) no manguezal do rio Paripe

Noely Fabiana Oliveira de MOURA, Petrônio Alves COELHO

Resumo


O caranguejo grapsideo Goniopsis cruentata (Latreille, 1803) é comum e abundante nas zonas entremarés de muitos estuários no estado de Pernambuco, nordeste do Brasil, sendo importante fonte de renda para população ribeirinha. Este estudo objetiva caracterizar a fecundidade de G. cruentata no litoral norte de Pernambuco, Brasil. As amostras foram coletadas mensalmente de agosto 1999 a julho 2000 com um artefato de pesca artesanal, com esforço de pesca de 1 hora. No laboratório foram medidas largura da carapaça e abdome (LC; LA). Foram examinadas 45 fêmeas ovígeras com ovos no estágio inicial de desenvolvimento. Utilizou-se o método de subamostragem para contagem dos ovos. Fêmeas ovígeras ocorreram durante todo período de amostragem. Fecundidade variou de 47.000 ovos para fêmeas ovígeras com 30.5 mm LC a 171.000 ovos para fêmeas com 45.4 mm LC. A média de número de ovos (87,000 + 25) foi alto quando comparado a outros grapsideos. Existe uma correlação entre fecundidade e largura da carapaça (y = 0,035.x2,14; r=0,79; p<0,05) e largura do abdome (y= 0,17.x1,95; r=0,74; p<0,05), como para maioria dos Brachyura. Palavra chaves: Fecundidade, Grapsidae, Goniopsis cruentata

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v31i2.5020

Apontamentos

  • Não há apontamentos.