Variação sedimentar das praias do Pina e Boa Viagem, Recife (PE)

Maria das Neves GREGÓRIO, Tereza C. Medeiros de ARAÚJO, Lúcia M. Mafra VALENÇA

Resumo


As praias do Pina e da Boa Viagem localizam-se na cidade do Recife – PE. Com o objetivo de caracterizar a variação sedimentológica destas praias, bem como observar possíveis mudanças sazonais, foram coletadas 13 amostras de sedimentos superficiais ao longo do arco praial nos meses de Junho de 2002 (estação chuvosa) e Dezembro de 2002 (estação seca), durante a maré de sizígia. Os sedimentos passaram pelo peneiramento úmido e seco, utilizando-se um intervalo de peneiras de 1/2Φ, no Laboratório de Oceanografia Geológica (UFPE). Os mesmos foram classificados como areia muito fina à média durante a estação chuvosa, e de areia fina à média na estação seca, com areia média ocorrendo apenas na parte central da área. As amostras apresentaram uma predominância de grãos bem selecionados na estação chuvosa, e moderadamente selecionados na estação seca. Houve uma maior ocorrência de curvas aproximadamente simétricas nas duas estações, com maior representatividade no inverno, indicando um ambiente de maior energia. Apresentam distribuições mesocúrtica em ambas estações, sugerindo-se uma mistura no selecionamento dos grãos. Os sedimentos são constituídos por grãos de quartzo (80%) e material bioclástico (20%). Os grãos de quartzo variam de subarredondados a arredondados, com alta esfericidade, e textura superficial brilhante, indicando um transporte aquático. O maior teor de carbonato de cálcio foi encontrado ao norte da área, onde não há presença de recifes. Palavras chaves: Sedimentos, praia, variações sazonais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v32i1.5032

Apontamentos

  • Não há apontamentos.