Abordagem Etnoecológica Da Coleta De Moluscos No Litoral Paraibano.

Alberto Kioharu NISHIDA, Nivaldo NORDI, Rômulo Romeu da Nóbrega ALVES

Resumo


Este estudo foi realizado no litoral paraibano, nos estuários do Rio Paraíba do Norte e do Rio Mamanguape, com comunidades tradicionais de catadores de moluscos que integram um ramo específico da pesca artesanal, denominada de “catação”. Objetivou-se determinar as áreas de atuação dos catadores de moluscos; procurando também obter informações sobre o habitat e a distribuição dos moluscos comercialmente explorados. Observações “in loco” e informações dos catadores foram obtidas durante o período de agosto a outubro de 1998. Os sítios de coleta estão relacionados com o habitat das espécies exploradas (Crassostrea rhizophorae, Crassostrea sp, Mytella guyanensis, Anomalocardia brasiliana e Tagelus plebeius). Os catadores têm a preferência por determinados sítios de coleta, havendo uma pequena alternância ou baixa freqüência de rodízio nos sítios. Ainda que, mais estudos se façam necessários para a compreensão do universo dos catadores e do ambiente que exploram, este trabalho evidencia que o saber dos mesmos deve ser considerado e priorizado, considerando possíveis medidas de regulamentação de captura e administração dos recursos. Palavras Chave: Molusco, manguezal, etnoecologia, nordeste do Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v32i1.5034

Apontamentos

  • Não há apontamentos.