Environmental characterization and spatial distribution of fish fauna in estuaries in the State of Pernambuco, Brazil.

Andréa Carla Guimarães de PAIVA, Maria Elisabeth de ARAÚJO

Resumo


O presente estudo teve como objetivos identificar e caracterizar os principais fatores fisiográficos das áreas estuarinas em Pernambuco, assim como as ações antrópicas por elas sofridas; listar os peixes que vivem nesses estuários, atualizando as validações dos nomes científicos das espécies; e analisar a distribuição dos registros de ocorrência das espécies por estuário. Os dados para a análise dos estuários foram baseados em três trabalhos sobre áreas estuarinas em Pernambuco. As informações sobre a ictiofauna foram obtidas a partir de 25 monografias, dissertações, teses, livros e artigos científicos. Foram utilizadas imagens das áreas estuarinas obtidas através do aplicativo Google earth. Foram identificados 17 estuários em Pernambuco, onde a ictiofauna é pouco estudada. As maiores concentrações das pesquisas ocorreram no complexo estuarino de Itamaracá e no estuário do rio Formoso, porém para algumas áreas não existem informações sobre comunidade de peixes. Foram listadas 202 espécies de peixes válidas, sendo 52,5% delas associadas a recifes. Quanto à freqüência de ocorrência, Citharichthys spilopterus e Poecilia vivipara foram classificadas como muito freqüentes, enquanto Carangidae, Gerreidae, Ariidae e Haemulidae foram as famílias mais especiosas. Atualmente, as áreas estuarinas estão em acelerado processo de degradação devido aos aterros, despejos de esgotos domésticos e industriais, desenvolvimento urbano, viveiros de carcinicultura e construção/ampliação de portos em prol do crescimento econômico. Diante desse contexto, torna-se necessário que os órgãos de fomento à pesquisa em Pernambuco estimulem estudos nessas áreas para possibilitar uma pesca sustentável. Palavras-chave: Comunidade de peixes, áreas estuarinas, impactos ambientais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v38i1.5159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.