Indicadores para diagnóstico das alterações antrópicas no manguezal do estuário do rio São Francisco

Heide Vanessa Souza SANTOS, Tiago de Oliveira SANTOS, Francisco Sandro Rodrigues HOLANDA

Resumo


Por ser um ecossistema frágil bastante susceptível as influências de origem climática os manguezais são apontados como indicadores biológicos para as modificações de linha de costa, em função da rápida resposta de suas espécies vegetais as alterações do sistema. Os principais agentes causadores de modificações ambientais estão hoje diretamente vinculados à ação humana o que acarreta ao manguezal no estuário do Rio São Francisco alterações com consequências de maior ou menor intensidade em sua estrutura. O foco deste artigo foi elaborar indicadores de sustentabilidade para o manguezal do estuário do Rio São Francisco usando como base a metodologia proposta pela OCDE adaptada pelo PNUMA. A identificação e aplicação dos indicadores fornecerão uma visão geral das condições de resiliência da floresta. Palavras-chave: Ecossistema, impactos, sustentabilidade ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v39i2.5186

Apontamentos

  • Não há apontamentos.