Análise das variáveis físico-químicas das águas intersticiais dos sedimento do rio Sucuriju – Cabo Norte - Amapá

Diego de Arruda XAVIER, Núbia Chaves GUERRA, José Francisco BERRÊDO, Odete Fátima Machado da SILVEIRA

Resumo


O rio Sucuriju está localizado na região do Cabo Norte situado no extremo leste do Estado do Amapá, presente na faixa costeira caracterizada por uma planície inundável flúvio-marinha, composta por sedimentos Quaternários e vegetação do tipo de manguezal. O estudo tem como objetivos, descrever as condições físico-químicas intersticiais, quantificar a porcentagem de matéria orgânica no sedimento e correlacionar com os parâmetros analisados ao longo do rio. Foram recuperados sete testemunhos da foz do rio até a proximidade do Lago Piratuba. Os resultados de salinidade variaram de 3 próximo ao lago a 25 nas proximidades da foz; o pH entre 3,95 a 8,23; o potencial redox entre -244 mV a 224 mV e a porcentagem de matéria orgânica entre 2,00% a 31,19%. As variações do regime pluviométrico e a sazonalidade climática interferem na intensidade da cunha salina dentro do estuário, sendo a principal causadora nas modificações dos parâmetros físicoquímicos e na concentração do teor de matéria orgânica presente no sedimento. Devido as variações verticais desses parâmetros pode-se distinguir duas zonas com características distintas: a zona oxidante localizada próximo à foz do rio, apresenta maior salinidade (média de 13,2), pH levemente alcalino (média de 7,48) e potencial redox ligeiramente oxidante (média de -30,4 mV), demonstra área de maior influência oceânica; e a zona redutora localizada a montante do rio, com valores de salinidade menores (média 9,6), pH levemente ácidos (média 9,93) e potencial redox ligeiramente redutores (média -130,2), demonstrando área com maior influência continental. Palavras chaves: testemunhos, salinidade, pH, potencial redox, matéria orgânica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v40i1.5193

Apontamentos

  • Não há apontamentos.