An evaluation of different microalgal diets for the culture of the Calanoid copepod Temora turbinata (Dana, 1849) in the laboratory.

Xiomara Franchesca García DÍAZ, Bárbara BARKOKEBAS, Renata P. S. CAMPELO, Maria Luise KOENING, Ralf SCHWAMBORN, Sigrid NEUMANN-LEITÃO

Resumo


Temora turbinata (Dana, 1849) é uma espécie de copépodo planctônico exótico de ampla distribuição no Nordeste brasileiro, com potencial para ser usado em testes ecotoxicológicos e como recurso de alimento vivo na aquicultura. Com o objetivo de determinar a melhor dieta para a manutenção dessa espécie em laboratório foi realizado um experimento no período de 8 dias. Foram avaliadas a sobrevivência dos adultos, a taxa de produção diária de ovos e a taxa de eclosão dos náuplios dessa espécie. Copépodes adultos de Temora turbinata foram alimentados com três dietas diferentes, duas monoalgais (Thalassiosira weissflogii (Grunow) Fryxell & Hasle e Tetraselmis chuii (Butcher)) e uma mista combinando as duas espécies de microalgas. As dietas monoalgais e mista foram ofertadas aos copépodos na mesma proporção de biomassa (1 mg C L-1 dia-1). Entre as três dietas analisadas, o tratamento com T. weiisflogii foi considerado a melhor opção por manter maiores taxas de produção de ovos e maiores porcentagens de sobrevivência dos adultos de Temora turbinata. Apesar do maior recrutamento de náuplios nos organismos alimentados com T. chuii, esta microalga diminuiu a produção de ovos e a sobrevivência dos adultos quando adicionada na dieta. Palavras chave: Copépodo exótico, sobrevivência, taxa de produção diária de ovos, taxa de eclosão de ovos, Thalassiosira weissflogii, Tetraselmis chuii.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v40i1.5311

Apontamentos

  • Não há apontamentos.