Morfologia foliar e densidade de hastes de Halodule wrightii (Cymodoceaceae), no litoral de Alagoas, Brasil

Cassio Rafael Campos de FRANÇA, Maria Elisa PITANGA, Maria Danise De Oliveira ALVES, Maria Elisabeth de ARAÚJO, Silmar Luiz SILVA, Karine Matos MAGALHÃES

Resumo


O objetivo do estudo foi caracterizar quatro populações de Halodule wrightii no litoral norte de Alagoas, nordeste brasileiro. Entre novembro de 2011 e janeiro de 2012 foram coletadas 12 amostras por praia, sendo quatro por mancha, sempre se evitando as bordas. Em laboratório foram determinadas a densidade, a biomassa, o comprimento e a largura de folhas, com as diferenças entre os pontos de coleta analisadas pelo teste t e ANOVA one-way. Constatou-se diferenças significativas nas características morfológicas entre as populações, sendo as plantas de Barra Grande as maiores e de Tatuamunha as mais largas. As densidades entre as praias não apresentaram diferenças significativas, contudo as plantas de Porto da Rua revelaram diferença significativa intrapopulacional. Foi confirmada a plasticidade morfológica dentro e entre as populações de H. wrightii sendo sugeridos novos estudos que incluam diferentes variáveis ambientais de qualidade de água. Palavras chave: Capim agulha; morfologia; Atlântico Tropical.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v42i3.5769

Apontamentos

  • Não há apontamentos.