CONTROLES ESTRUTURAIS SOBRE A SEDIMENTAÇÃO DE FUNDO DE VALE NA BACIA DO RIACHO GRANDE/PB

Ana Clara Magalhães de Barros, Antônio Carlos de Barros Corrêa, Bruno de Azevêdo Cavalcanti Tavares

Resumo


Este trabalho buscou analisar os vales colmatados presentes na Bacia do Riacho Grande a partir dos controles estruturais responsáveis pela criação de loci deposicionais onde são estocados materiais colúvio-aluvionares. Para tanto, foram utilizados indicadores morfométricos como lineamentos de relevo e drenagem, relação declividade-extensão e indicadores morfotectônicos da bacia. A partir dos resultados obtidos podemos destacar que a disposição geométrica do riacho Grande obedece a uma direção preferencial para NE-SW. Os processos de sedimentação se sobrepõem à erosão, com formação de planícies de inundação ao longo do canal principal e seus principais tributários. Essa sedimentação é controlada pela presença de diques, que bloqueiam e confinam as drenagens oriundas dos setores de cimeira do maciço. Nos setores setentrionais, quebras de patamares se fazem presentes ao longo do curso do rio e estão associadas a anomalias de drenagem do principal curso fluvial dessa área, o riacho Grande.

 

STRUCTURAL CONTROL ON THE VALLEY SEDIMENTATION IN THE RIACHO GRANDE WATERSHED/PB

ABSTRACT

This paper analyzed the valley fill deposits of Riacho Grande watershed as a result of structural controls. These are responsible for depositional loci creation upon where alluvium-colluvium materials were deposited. The analysis were conducted by means of applying morphotectonic and morphometrical indicators such as relief and drainage lineaments and SL index. The results point to a geometrical disposition of the trunk stream following the NE-SW direction. The sedimentation processes overlaps erosion rates, forming floodplains along the trunk stream and its major tributaries. Sedimentation is controlled by transverse lithological dikes which block up and confine streams coming from the highlands. To the north of the study area, geological conditions are dominated by a sequence of structurally controlled ridges and valleys lacking hillslope colluvial coverage, with sediment accumulation confined to the riverbed. This sector presents morphometric anomalies associated to the presence of knickpoints along the the trunk stream.

Keywords: Sedimentation, Structure, Valley Fill.





Palavras-chave


Confinamento; Estruturas; Sedimentação

Texto completo:

PDF

Referências


BIANCOTTI A. Rapporti fra morfologia e tettonica nella pianura cuneese. Geografia Fisicia e Dinâmica Quaternária, v.2. p.51-56. 1979.

BORGES, F. M. Os sítios arqueológicos Furna do Umbuzeiro e baixa do Umbuzeiro: caracterização de um padrão de assentamento na área arqueológica do Seridó – Carnaúba dos Dantas – RN, Brasil. Tese de Doutorado. Recife: Programa de Pós-Graduação em Arqueologia – UFPE, 235p, 2010.

BRITO NEVES, B.B. América do Sul: quatro fusões, quatro fissões e o processo acrecionário andino. Bahia. VII Simpósio Nacional de Estudos Tectônicos, Anais SBG. 11-13. 1999.

BRITO NEVES, B.B. Regionalização geotectônica do Pré-Cambriano nordestino. Tese de Doutorado, São Paulo: Instituto de Geociências – USP, 198p, 1975.

BRITO NEVES, B.B., SANTOS, E.J., VAN SCHMUS, W.R. Tectonic history of the Borborema Province, northeastern Brazil. In: Cordani, U., Milani, E.J., Thomaz Filho, A., Campos, D.A. (Eds.), Tectonic Evolution of South America, Proceedings of the 31st International Geological Congress, Rio de Janeiro, pp. 151–182, 2000.

BULL, W. B. e WALLACE, R.E. Tectonic geomorphology. Geology. 1986.

BURBANK, D.W. & ANDERSON, R.S. Tectonic geomorphology. 2.ed., Massachusetts, Blackwell Science. 2011. 274 p.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. São Paulo: Editora Edgar Blücher. 2° edição. 188 pg. 1980.

Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais - CPRM. 2000. Disponível em . Acesso em Setembro de 2010.

CORRÊA, A. C. B. Dinâmica geomorfológica dos compartimentos elevados do Planalto da Borborema, Nordeste do Brasil. Rio Claro, 386p. Tese de Doutorado IGCE, UNESP. 2001.

CORRÊA, A. C. B.; TAVARES, B. A. C.; MONTEIRO, K. A.; CAVALCANTI, L. C. S.; LIRA, D. R. Megageomorfologia E Morfoestrutura Do Planalto Da Borborema. Revista do Instituto Geológico, São Paulo, 31 (1/2), p.35-52, 2010.

COTTON C. A. Landscape - as developed by the processes of normal erosion. 2 ed. New York: John Wiley & Sons, 1948. 509 p.

DOORNKAMP, J. C. Geomorphological approaches to the study of neotectonics. Journal of the Geological Society. v.143, p.335-345. 1986.

DRAGUT, L. & BLASCHKE, T. Automated classification of landform elements using object-based image analysis. Geomorphology. v.81. p.330-344. 2006.

ETCHEBEHERE, M. L.; SAAD, A. R.; FULFARO, V. J.; PERINOTTO, J. A. J. Aplicação do Índice “Relação Declividade-Extensão – RDE” na Bacia do Rio do Peixe (SP) para detecção de deformações Neotectônicas. Revista do Instituto de Geociências - USP, v. 4, N. 2, p. 43-56, 2004.

ETCHEBEHERE, M.L.C.; SAAD, A.R.; SANTONI, G.; CASADO, F.C.; FULFARO, V.J. Detecção de prováveis deformações neotectônicas no vale do rio do Peixe, região ocidental paulista, mediante aplicação de índices RDE (Relação Declividade-Extensão) em segmentos de drenagem. Geociências. São Paulo, 25:271–287. 2006.

GURGEL, S. P. P.; BEZERRA, F. H. R. ; CORRÊA, A. C.B. ; MARQUES, F O. ; MAIA, R. P. . Cenozoic uplift and erosion of structural landforms in NE Brazil. Geomorphology (Amsterdam), v. 186, p. 68, 2013.

HACK, J. Stream-profile analysis and stream-gradient index. Journal of Research of the United Sates Geological Survey, v. 1, n. 4, p. 421-429, 1973.

HIRUMA, S.T. Neotectônica no Planalto de Campos de Jordão, SP. Dissertação (Mestrado em Geologia Sedimentar). Instituto de Geociências – USP. São Paulo. 1999. 102p.

MAIA, R. P.; BEZERRA, F. H. R. Inversão neotectônica do relevo na Bacia Potiguar, nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Geomorfologia, São Paulo, v.15, n.1, (Jan-Mar) p.61-74, 2014.

MARTINEZ, M. Aplicação de parâmetros morfométricos de drenagem na bacia do rio Pirapó: o perfil longitudinal. Dissertação (mestrado). Maringá, 2005.

McKEOWN, F. A.; JONES-CECIL, M.; ASKEW, B. L.; McGRATH, M. B.. Analysis of stream-profile data and inferred tectonic activity, Eastern Ozark Mountains region. U. S. Geological Survey Bulletin, n. 1807, p. 1-39, 1988.

MEDEIROS, V. C. Evolução Geodinâmica e Condicionamento estrutural dos terrenos Piancó-Alto Brígida e Alto Pajeú, Domínio da Zona Transversal, NE do Brasil. Tese de Doutorado: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2004.

MISSURA, R. Análise morfoestratigráfica da bacia do Ribeirão dos Poncianos-MG. Dissertação de Mestrado. UNESP. Rio Claro. 2006. 136p.

MONTEIRO, K. A. Análise geomorfológica da escarpa oriental da Borborema a partir da aplicação de métodos morfométricos e análises estruturais. 222 f. 2015. Tese (Doutorado em Geografia) – Programa de Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal do Pernambuco, Recife, 2015.

MONTEIRO, K. A.; TAVARES, B. A. C.; CORRÊA, A C. B. Aplicação do índice de Hack no rio Ipojuca para identificação de setores anômalos de drenagem e rupturas de relevo. São Paulo, UNESP, Geociências, v. 33, n. 4, p.616-628, 2014.

MUTZENBERG, D. da S. Gênese e ocupação pré-histórica do sítio arqueológico Pedra do Alexandre: uma abordagem a partir da caracterização paleoambiental do vale do rio Carnaúba-RN. Recife, UFPE. 2007.

MUTZENBERG, D. da S; TAVARES, B. de A. C; CORRÊA, A. C. de B. A influência dos controles estruturais sobre a morfogênese e a sedimentação neógena na bacia do rio Carnaúba (RN) e sua aplicação aos estudos geoarqueológicos do Seridó. Clio – Série Arqueológica, UFPE, Recife, PE, n.19, p. 112-125. 2005, v.2.

SCHOBBENHAUS, C. et al. Geologia do Brasil. Rio de Janeiro: DNPM, 1984. 501 p. SEEBER, L.; GORNITZ, V. River profiles along the Himalayan arc as indicators of active tectonics. Tectonophysics, v. 92, p. 335-467, 1983.

STEWART I.S. & HANCOCK P.L. Neotectonics. In: P.L.HANCOCK (ed.), Continental deformation. Oxford: Pergamon,. p.370-409. 1994.

STEWART I.S. & HANCOCK P.L. What is a fault scarp? Episodes, 13(4): 1990. p.256-263.

TAVARES, B. A. C. Evolução morfotectônica dos pedimentos embutidos no planalto da Borborema, Nordeste do Brasil. 2015. 251 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Programa de Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal do Pernambuco, Recife, 2015.

TAVARES, B. A. C.; CORREA, A . C. B; LIRA, D. R.; CAVALCANTI, L. C. S. Compartimentação geomorfológica e morfotectônica do gráben do Cariatá, Paraíba, a partir de imageamento remoto. Revista Brasileira de Geomorfologia. v.15, n.4, (Out-Dez) p.523-538, 2014.

VERSTAPPEN, H.T. Applied geomorphology. Amsterdam: Elsevier, 1983. 437p.

WALLACE R.E. Geometry and rates of change of faultgenerated range fronts, NorthCentral Nevada. Journal of Research of the U.S. Geological Survey, 6(5): p.637-650. 1978.




DOI: https://doi.org/10.20891/clio.V32N3p1-36

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2448-2331

© 1984-2020 CLIO Arqueológica 
Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Programa de Pós-Graduação em Arqueologia
Centro de Filosofia e Ciências Humanas, 10º andar
Avenida da Arquitetura, S/N - Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License

 

UFPE LOCKSS Open Access

 

Instituições de referência para a CLIO Arqueológica:

Capes ABEC Fumdham INAPAS LatinRev