DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DE SEDIMENTOS EM UM ESTUÁRIO AMAZÔNICO, CURUÇÁ-PA.

Rosa Maria Da Luz Mendes, Ana Carolina Santa Rosa De Souza, Maria de Lourdes Souza Santos, Maamar El Robtini, Pedro Henrique Campos Sousa, Marcelo Augusto Moreno Da Silva Alves

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar temporalmente a composição e variação granulomé-trica dos sedimentos superficiais do furo do Muriá, município de Curuçá-PA, classifi-cando sua hidrodinâmica quanto ao grau de energia. Para realização desse estudo foram coletadas cinquenta e seis amostras de sedimentos em quatorze pontos na área de estu-do, durante os períodos de março, junho, setembro e dezembro de 2015, em maré baixa. As análises granulométricas das amostras de sedimentos basearam-se no método que possibilitasse a quantificação e o estudo dos processos costeiros através da caracteriza-ção e distribuições granulométricas. A determinação granulométrica dos sedimentos estudados mostrou dois tipos de textura, conforme os parâmetros que foram silte médio e silte grosso. A distribuição temporal das frações granulométricas foi representativa durante o período estudado, com predomínio das frações silte e argila em todas as amos-tras. O estuário analisado é uma região ainda pouco estudada e que revelou ser um am-biente dinâmico pela ação hidrodinâmica com influência direta na composição dos se-dimentos. Na área de estudo, a granulometria é predominantemente silte arenosa, e atra-vés da análise dos diagramas triangulares de Perjup e Sherpard de Pejrup (1988) se ca-racteriza como hidrodinâmica alta a muito alta, classificando-se como um ambiente de alta energia.

Palavras-chave


Granulometria, hidrodinâmica, caracterização sedimentar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.