SEDIMENTOLOGIA DO AMBIENTE PRAIAL DA PORÇÃO NORTE DO MUNICÍPIO DE JABOATÃO DOS GUARARAPES - PE, NORDESTE DO BRASIL

Vivian Silvani de Arruda Passos, Maria Alcione Celestino, Guilherme Gustavo Assis dos Santos, Valdir Do Amaral Vaz Manso, Sharliane Dornelle d’Almeida Arruda

Resumo


Praias são acumulações de sedimentos, areia ou cascalho, que estão sujeitos à grandes variações em sua expressão morfológica e em suas características sedimentológicas. O município de Jaboatão dos Guararapes está incluído no setor médio do Estado de Per-nambuco, abrangendo as praias de Piedade, Candeias, Jaboatão dos Guararapes e Barra de Jangada. O presente estudo buscou compreender as características sedimentológicas da região praial, com o objetivo de determinar as possíveis áreas fontes, por meio de aspectos como granulação e composição mineralógica. Foram coletadas 14 amostras de sedimentos, ao longo do estirâncio médio, seguindo a metodologia adotada pelo Labora-tório de Geologia e Geofísica Marinha - LGGM, da Universidade Federal de Pernambu-co. Para melhor compreender a dinâmica costeira, foram utilizados os parâmetros esta-tísticos: desvio padrão, diâmetro médio, assimetria e curtose, juntamente a análise mor-foscópica que caracterizou a morfologia dos grãos bem como a composição. Parte do litoral de Jaboatão dos Guararapes é constituído, predominantemente, por areias quar-tzosas de granulação fina á média, apresentando grau de seleção moderado na maioria das amostras, com grande variação na assimetria, representado por curvas leptocúrticas. Estes sedimentos foram depositados, dominantemente em ambiente praial, regido por ondas de energia moderada.

Palavras-chave


Depósitos praiais, parâmetros estatísticos, morfoscopia, litoral per-nambucano, sedimentologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.