PARÂMETROS HIDRODINÂMICOS DO SISTEMA AQUÍFERO TACARATU/INAJÁ NA LOCALIDADE DE PASSAGEM DE PEDRAS

Felipe Oliveira Tenorio Da Silva, José Geilson Alves Demetrio

Resumo


Em 1998 foi firmado um convênio entre a CPRM e a FNS que objetivava a construção de dois poços, na localidade de Passagem de Pedras, para o abastecimento de água da cidade de Manari e Itaíba. O resultado do trabalho revelou uma baixa vazão para ambos os poços. As baixas vazões desses dois poços despertaram interesse para a realização de uma análise mais detalhada, afinal tratam-se de poços de grandes profundidades (408 e 534 metros), com quantidades inexpressivas de sedimentos finos, ao longo da sequência atravessada, ou seja, uma predominância da fração arenosa, além de espessuras satura-das acima de 400,0 m. O esperado para tais condições seriam poços de alta vazão e aquífero com elevada transmissividade, como já observadas no sistema aquífero Tacara-tu/Inajá em outras localidades. O objetivo principal deste trabalho é a investigação dos motivos que levaram os referidos poços terem baixa produtividade. O desenvolvimento do trabalho contou com uma revisão bibliográfica e posterior etapa de campo, na qual foi verificada a geologia de superfície e foi atualizado do inventário da CPRM, através do cadastro de poços novos. Os resultados das análises apontam para problemas cons-trutivos dos poços, como provável causa das baixas eficiências dos mesmos. Tais pro-blemas influenciaram os rebaixamentos medidos e mascararam os parâmetros hidrodi-nâmicos reais do aquífero.

Palavras-chave


Caracterização Hidrogeológica, Eficiência de Poços Tubulares, Siste-ma aquífero Tacaratu /Inajá, Teste de Produção

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.