A HISTOLOGIA COMO UMA FERRAMENTA NO ESTUDO DOS FÓSSEIS: CONSIDERAÇÕES SOBRE A PALEOHISTOLOGIA EM MAMÍFEROS COM CARAPAÇA ÓSSEA

Yumi Sakura, Edison Vicente Oliveira

Resumo


Mesmo após milhões de anos de soterramento, muitos vertebrados ainda apresentam a estrutura histológica do tecido ósseo preservada. Aspectos ontogenéticos, reconheci-mento de feições fossildiagenéticas, aprimoramento de estudos sistemáticos e anatômi-cos são os principais pontos abordados pelos estudos paleohistológicos. Dentre os ver-tebrados, os grupos mais estudados por esta ótica foram os dinossauros, pterossauros, ictiossauros, crocodilomorfos, testudines, cinodontes e peixes, sendo ainda discretos os estudos realizados com mamíferos, especialmente os mamíferos com carapaça óssea. Este trabalho pretende reunir o conhecimento disponível acerca da histologia de osteo-dermos de mamíferos cingulados, de forma a apresentar um panorama dos trabalhos atuais e um ponto de partida para futuros trabalhos.

Palavras-chave


Microestrutura óssea, osteodermos, Cingulata, Xenarthra, tecido ósseo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.