ASPECTOS SEDIMENTOLÓGICOS E BATIMÉTRICOS DA PLATAFORMA CONTINENTAL NORTE DE PERNAMBUCO - BRASIL

Maria Cristina Silva De Melo, Roberto Lima Barcellos, Liza Ellen Oliveira, Valdir Amaral Vaz Manso

Resumo


O presente trabalho apresenta uma contribuição acerca da fisiografia e da cobertura sedimentar da região de plataforma interna e média adjacente à Ilha de Itamaracá (PE). Esta pesquisa se baseou nos dados obtidos do projeto “Granulados Marinhos – GRANMAR Pernambuco”. A partir desta cobertura de dados foram elaborados mapas de batimetria, do tamanho médio das partículas sedimentares, dos aspectos de seleção do sedimento, e dos teores de carbonato de cálcio dos depósitos superficiais. A análise da fisiografia revelou a presença de reentrâncias e depressões associadas às desembocaduras dos rios. Os principais resultados demonstraram que a cobertura sedimentar é predominantemente calcária de origem bioclástica, com granulação arenosa e que a distribuição dos depósitos superficiais é controlada pela associação de aspectos fisiográficos e hidrodinâmicos locais. Os arenitos de praia e canais atuam na energia do meio, o que promove o a seleção dos sedimentos na plataforma. Enquanto que os paleovales e depressões do fundo marinho atuam como elementos de retenção dos sedimentos mais finos oriundos do continente.

Palavras-chave


Ilha de Itamaracá, batimetria, plataforma interna, plataforma média, sedimentologia.

Texto completo:

PDF

Referências


Almeida, T. L. M. 2011. Sedimentologia e batimetria da plataforma interna adjacente a ilha de Itamaracá-PE. Dissertação de Mestrado. PPGEO-UFPE. 92p.

Almeida, T. L. D. M. 2018. Caracterização da dinâmica costeira de Itamaracá-PE: aplicação do sistema de modelagem costeira do Brasil. Tese de doutorado. PPGEO-UFPE. 183p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.