Reflexões sobre a prática de ateliê com alunos iniciantes de arquitetura e urbanismo

Zilsa Santiago, Débora Sousa

Resumo


Trata de breve relato sobre experiência de ensino-aprendizagem em ateliê na Unidade de Percepção e Representação da Forma no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará. A pretensão é registrar como se processa o ensino-aprendizagem no ateliê de Desenho Arquitetônico com metodologias didáticas teórico-práticas de aprender-fazendo, no sentido de contribuir para discussões sobre o assunto, visto que as especificidades do processo de ensino-aprendizagem num curso cuja natureza de ação e essência do currículo circulam entre a técnica e a arte; a teoria e a prática, ousamos afirmar que a complexidade do cotidiano da prática docente em ateliê de desenho, quando observado sob a perspectiva do saber-fazer do professor e do aluno leva ao entendimento da complexidade do trabalho pedagógico e seus processos interativos, fazendo desta experiência um campo privilegiado de pesquisa. Com este texto, esperamos trazer algumas reflexões sobre o ensino superior e a prática no ateliê de Desenho Arquitetônico com alunos do segundo semestre, tendo em vista que a universidade é um campo de ação do professor não apenas na sala de aula, mas um lugar de ação articulada entre os saberes e lugares, onde os conhecimentos sistematizados permeiam o ensino na sua teoria e prática.


Palavras-chave


Arquitetura; Teoria x Prática; Ateliê de Desenho

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.