Plataforma Eco+: habilitando o comportamento ecossustentável das pessoas

Katyeudo Karlos Sousa Oliveira, Ariany Silva Ferreira, José Rafael Santana, Vanessa Bandeira Teixeira, Ricardo André Cavalcante Souza

Resumo


O desenvolvimento sustentável só é possível pela interconexão harmônica entre crescimento econômico, inclusão social e proteção ambiental. A Organização das Nações Unidas (ONU) definiu 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que devem guiar iniciativas de países e sociedade civil até 2030. Entre as metas do ODS 13, está “aumentar a conscientização e a capacidade humana sobre mitigação e redução do impacto da mudança do clima”. Assim sendo, o objetivo desse trabalho é relatar a aplicação do Design Centrado no Humano para o desenvolvimento de uma solução de inovação social motivada pelo seguinte desafio: “Como incentivar as pessoas a adotar um comportamento ecossustentável?”. O resultado foi o design da plataforma Eco+, que fornece suporte tecnológico aos seguintes processos: o usuário poderá realizar a coleta seletiva de resíduos e então levar até estações responsáveis por destiná-los à compostagem e/ou reciclagem; e o usuário poderá usar bicicletas adaptadas para transformação da energia cinética e armazenagem da energia elétrica resultante.

Palavras-chave


Desenvolvimento Sustentável; Design Centrado no Humano; Mudança Climática

Texto completo:

PDF 148-158

Referências


Anastacio, M. R., Cruz Filho, P. R., & Marins, J. (2018). Social e Inovação Social no Contexto Brasileiro. Curitiba: PUCPRESS Editora Universitária Champagnat.

Baregheh, A., Rowley, J., & Sambrook, S. (2009). Towards a multidisciplinary definition of innovation. Management decision. Vol. 47 No. 8, pp. 1323-1339. https://doi.org/10.1108/00251740910984578.

Bria, F., Gascó, M., Baeck, P., Halpin, H., Almirall, E., & Kresin, F. (2015). Growing a Digital Social Innovation System for Europe. DSI Final Report.

Brown, T. (2009). Change by Design: How Design Thinking Transforms Organizations and Inspires Innovation. New York: HarperBusiness.

Ecogreens Soluções Sustentáveis. (2019). EcoBike. Recuperado a partir de http://www.ecogreens.com.br /home/index_site/ecobike.

Ecycle. (2019). Conceitos de bikes e acessórios para aproveitar a energia cinética das pedaladas. Recuperado a partir de https://www.ecycle.com.br.

IDEO. (2015). The Field Guide to Human-Centered Design. Design Kit.

IDEO. (2109). Design Kit. Recuperado a partir de http://www.designkit.org/methods.

IPCC. Intergovernmental Panel on Climate Change. (2007). Climate Change 2007: Synthesis Report. Contribution of Working Groups I, II and III to the Fourth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change. IPCC, Geneva, Switzerland, 104 pp.

Liedtka, J., Salzman, R., & Azer, D. (2017). Design thinking for the greater good: Innovation in the social sector. Columbia University Press.

Mochizuki, Y., & Bryan, A. (2015). Climate change education in the context of education for sustainable development: Rationale and principles. Journal of Education for Sustainable Development, 9(1), 4-26. https://doi.org/10.1177/0973408215569109.

Moulaert, F., Martinelli, F., González, S., & Swyngedouw, E. (2007). Introduction: social innovation and governance in European cities: urban development between path dependency and radical innovation. European Urban and Regional Studies, 14(3), 195–209. https://doi.org/10.1177/0969776407077737.

Mulgan, G. (2012). Social innovation theories: Can theory catch up with practice?. In Challenge social innovation (pp. 19-42). Springer, Berlin, Heidelberg. https://doi.org/10.1007/978-3-642-32879-4_2.

Ohio Energy Project. (2019). Recuperado a partir de https://ohioenergy.org.

Oliveira, K. K., & Souza, R. (2020). Mudanças climáticas na educação: um levantamento das práticas, ferramentas e tecnologias digitais. In Anais do XI Workshop de Computação Aplicada à Gestão do Meio Ambiente e Recursos Naturais (pp. 151-160). SBC. https://doi.org/10.5753/wcama.2020.11029.

ONU. Organização da Nações Unidas. (2015). Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Recuperado a partir de https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/.

Phills, J. A., Deiglmeier, K., & Miller, D. T. (2008). Rediscovering social innovation. Stanford Social Innovation Review, 6(4), 34-43.

Recife. (2019). Academia do Recife. Recuperado a partir de https://www.academiarecife.org.br.

Ribeiro, G. C., de Oliveira, R. F. F., Alencar, G. A., & de Souza, R. A. C. (2018). Desenvolvimento de um aplicativo de alerta de alagamento utilizando os métodos do toolkit HCD. Boletim do Tempo Presente, (12). https://seer.ufs.br/index.php/tempopresente/article/view/11129.

Silva, J., Silva, T., Lima, M., & Souza, R. (2019, July). Aplicação do Design Centrado em Humano para Desenvolvimento de uma Solução de Software baseada em Informações do Tempo e Clima. In Anais do X Workshop de Computação Aplicada a Gestão do Meio Ambiente e Recursos Naturais (pp. 107-116). SBC. https://doi.org/10.5753/wcama.2019.6425.

Visintainer, T., & Linn, M. (2015). Sixth-grade students’ progress in understanding the mechanisms of global climate change. Journal of Science Education and Technology, 24(2-3), 287-310. https://doi.org/10.1007/s10956-014-9538-0.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

..................................................................................................................................................................................................................................................................................