A ECONOMIA E A CULTURA DA COLETA DA CASTANHA ENTRE OS GAVIÃO DE RONDÔNIA: UM ESTUDO ETNOGRÁFICO THE ECONOMY AND CULTURE COLLECTION OF THE NUT AMONG THE RONDÔNIA HAWKS: A ETHNOGRAPHIC

Ari Miguel Teixeira Ott, Lediane Fani Felzke

Resumo


A etnia Gavião, que se autodenomina Ikólóéhj, é composta por cerca de 500 indivíduos e reside na Terra Indígena Igarapé Lourdes localizada no município de Ji-Paraná – RO. A partir do contato interétnico ocorrido há 50 anos, este povo foi inserido na lógica do mercado recorrendo ao comércio de inúmeros produtos de sua terra para ter acesso às mercadorias que se tornaram necessárias com o contato no “mundo dos brancos”. A extração e comércio da castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa, Humb. e Bonpl.) é parte deste processo. Utilizando-se do método etnográfico como procedimento de pesquisa, investigou-se os motivos que permitem que esta atividade tenha supremacia sobre os projetos implantados pelo órgão indigenista oficial – a FUNAI; constituindo-se, em função disso, na principal fonte de renda desse povo. A coleta da castanha, para além de sua importância econômica, ativa elementos simbólicos significativos para a etnia, possibilitando a troca de conhecimento entre as gerações e o retorno às origens, vivenciando-se o estilo de vida antigo no interior da floresta. Ela ultrapassa a razão prática, reativando memórias e a identidade cultural. Por conseqüência, dentre as atividades desenvolvidas, é a que apresenta maior aceitabilidade junto à comunidade.

Palavras-chave: Etnia Gavião-Ikólóéhj; Castanha (Bertholletia excelsa); Subsistência; Rondônia.

 

Abstract

The Gavião ethnicity, who calls himself Ikólóéhj, consists of approximately 500 individuals and lives at the Indigenous Land Igarapé Lourdes in the municipality of Ji-Paraná - RO. From the interethnic contact occurred 50 years ago, this people was inserted into the logic of the market using the trading of several products of their land to gain access to goods that have become necessary to deal with the called "civilized world". The extraction and trade of the Brazilian nuts (Bertholletia excelsa, Humb. And Bonpl.) is part of this process. Using the ethnographic method as a research procedure, we investigated the reasons that allow this activity has supremacy over the projects implemented by indigenous official agency - the FUNAI, constituting, according to that, the main source of income of that people. The collect of nuts, in addition to its economic importance, active significant symbolic elements to ethnicity, allowing the exchange of knowledge between generations and the return to origins, living the lifestyle inside the ancient forest. It exceeds the practical reason, reactivating memories, and cultural identity. Consequently, among the activities, it shows greater acceptance in the community.

Key-words: Gavião ethnicity; Brazilian nuts; Rondônia.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: