SISTEMA INTEGRADO MUNICIPAL: UMA ALTERNATIVA PARA A MELHORIA DA MOBILIDADE URBANA

Mauri Leodir Löbler, Eliete dos Reis, Simone Alves Pacheco de Campos, Larissa Medianeira Bolzan

Resumo


O objetivo deste estudo está centrado em compreender como acontece a reformulação de um sistema de transporte coletivo urbano com vistas à modernização.  Por meio de um estudo de caso qualitativo e de natureza descritiva, foi analisado um consórcio operacional formado pelas empresas de transporte coletivo de um município do interior do Rio Grande do Sul. Os dados primários foram obtidos através de entrevistas semi-estruturadas e os dados secundários por análise documental. O consórcio foi formado a partir da necessidade de garantir a qualidade dos serviços de transporte urbano do município, através do Sistema Integrado Municipal (SIM), o qual estabelece novas diretrizes e inovações para o serviço de transporte urbano. Quanto aos benefícios esperados e os fatores que limitam o SIM, evidencia-se que existem diferenças em relação ao poder público e a iniciativa privada. Assim, cabe uma discussão acerca da visão dos dois agentes envolvidos - o setor público e o setor privado, a partir da ótica da Teoria dos Jogos. Logo, conclui-se que no caso estudado, o jogo pode ser assim resumido: o poder público deve oferecer um serviço de maior qualidade, e não possui recursos próprios para tal, o empresário precisa manter a concessão ao menor custo possível.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: