BIBLIOTECAS PÚBLICAS MUNICIPAIS BRASILEIRAS: DESAFIOS DA GESTÃO PÚBLICA

Gilvanedja Mendes

Resumo


Traça os desafios da gestão pública na criação, manutenção e desenvolvimento sustentável das bibliotecas públicas municipais brasileiras, com destaque para as pernambucanas. Utiliza os dados levantados pelo 1o Censo Nacional de Bibliotecas Públicas Municipais, realizado em 2010, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), para apresentar um retrato da realidade atual das bibliotecas brasileiras, contemplando os aspectos: acervo, espaço físico, mediação e gestão. Finaliza com análises acerca da necessidade de construção de uma política pública de leitura, que articule os diferentes elos da cadeia do livro e leitura, e que tenha em sua centralidade o desenvolvimento das bibliotecas públicas, como o instrumento fundamental para a democratização do acesso à informação, livro e leitura e, portanto, para o desenvolvimento sustentável do estado.

Palavras-chave


Biblioteca Pública. Censo Nacional de Bibliotecas Públicas Municipais

Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, Eliany Alvarenga de. Informação, sociedade e cidadania: gestão da informação

no contexto de organizações não governamentais (ONGs) brasileiras. Ciência da Informação,

v.29, n.2, p.155-167, 1999.

BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas: Histórico.

Rio de Janeiro, 2006. Disponível em:. Acesso em:

jun. 2014.

______. Ministério da Cultura. Plano Nacional do Livro e Leitura – PNLL. Disponível em:

. Acesso em: 3 abr. 2006.

CENSO Nacional de Bibliotecas Públicas: estudo quantitativo: principais resultados.

Brasília: FGV, 2010. Disponível em:

ads/2010/05/microsoft-powerpoint-fgv-ap-minc-completa79.pdf>. Acesso em: 14 maio. 2014.

CYSNE, F.P. Biblioteconomia: dimensão social e educativa. Fortaleza: Universidade

Federal do Ceará, 1993. 145p.

MACHADO, Elisa Campos. Análise de políticas públicas para bibliotecas no Brasil. InCID:

R. Ci. Inf. e Doc., Ribeirão Preto, v. 1, n.1, p. 94-111, 2010.

MANIFESTO da UNESCO sobre bibliotecas públicas (1994). Disponível em: http://

www.sdum.uminho.pt/bad/munesco.htm. Acesso em 20 fev; 2014.

MARTELETO, Regina. Cultura da modernidade: discursos e práticas informacionais. Belo

Horizonte, Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, v.32, n2. p115-137, jul/dez. 1994.

MILANESI, Luis. O que é biblioteca. São Paulo: Brasiliense, 1989. (Primeiros Passos, 94).

OLIVEIRA, M.C.G.; OLIVEIRA, S.R. de; AZEVEDO, H. Política cultural, memória e infor-

mação: práticas e articulações para a construção social. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA

EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: Inovação e inclusão social: questões contemporâneas da

informação, 11, out. 2008, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro, 2008. Disponível em:

congresso.ibict.br/index.php/enancib/paper/2010>. Acesso em: 10 out. 2013.

PLANO NACIONAL DO LIVRO E LEITURA. Objetivos e metas. Brasília: PNLL, 2006.

Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2007.

RAMOS, Luciene Borges. Centros de cultura, espaços de informação: um estudo sobre

a ação do Galpão Cine Horto. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2008.

RELATÓRIO PRELIMINAR. Encontro Estadual de Bibliotecas Públicas de Pernambuco, 1. Recife, nov, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: