ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DOS PROGRAMAS COMPLEMENTARES PARA A EMANCIPAÇÃO SUSTENTADA DOS BENEFÍCIÁRIOS VINCULADOS AO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA: ESTUDO COM EX-BENEFICIÁRIOS DO MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO/RS

Diego Pretto, Reisoli Bender Filho

Resumo


O objetivo consiste em avaliar a efetividade do Programa Bolsa Família partindo da análise dos motivos quegeraram o desligamento das famílias no município de Santo Ângelo (RS), entre os anos de 2009 a 2013, bem comocorrelacioná-los com os programas complementares, a fim de identificar se o programa gerou ou não condiçõesde emancipação econômica. Para isso, realizou-se uma pesquisa survey exploratória de corte-transversal com 237famílias ex-beneficiárias. Em termos de resultados, encontrou-se que o motivo preponderante para o desligamentodo programa foi o aumento da renda domiciliar per capita, sendo determinada, em grande medida, pela concessãode aposentadorias; enquanto que, os programas complementares mostraram-se frágeis quanto à inclusão dos exbeneficiáriosno mercado de trabalho. Com isso, conclui-se que o programa se constituiatualmente em políticacompensatória e distributiva em detrimento de seus aspectos desenvolvimentistas.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, R. P. de.; CARVALHO, M. de.; FRANCO, S. O Papel das transferências públicas na queda recente da desigualdade de

renda Brasileira. In: BARROS, R. P. de; FOGUEL, M. N.; ULYSSEA, G. (org.). Desigualdade de Renda no Brasil: uma análise da

queda recente. Brasília/DF: IPEA, v. 2, p. 41-86, ago. 2007.

BRASIL. Constituição da república federativa do brasil de 1988. Brasília, DF, 5 de outubro de 1988.

BRASIL. Projeto de Lei do Senado n. 80, de 16 de abril de 1991. Institui o Programa de Garantia de Renda Mínima - PGRM, e dá

outras providências. Brasília, DF, 16 de abril de 1991.

______. Lei nº 10.836, de 9 de janeiro de 2004. Cria o Programa Bolsa Família e dá outras providências. Diário Oficial [da] República

Federativa do Brasil, Brasília, DF, 12 jan. 2004a.

______. Decreto n. 5.209, de 17 de setembro de 2004. Regulamenta a Lei n°10.836, de 9 de janeiro de 2004, que cria o Programa Bolsa

Família, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 20 set. 2004b.

______. Lei n. 10.219, de 11 de abril de 2001. Cria o Programa Nacional de Renda Mínima vinculada à educação - “Bolsa Escola”, e dá

outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 12 abr. 2001a.______. Portaria n. 1770/GM, 20 de Setembro de 2001. Estabelece instruções para implantação e funcionamento do Programa

Nacional de Renda Mínima vinculado à Saúde – Bolsa – Alimentação. Brasília, DF, 20 set. 2001b.

CASTRO, J. A. de. Evolução e desigualdade na educação brasileira. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 108, p. 673-697,

out. 2009.

CAVALCANTE, P. L. Programa Bolsa Família: descentralização, centralização ou gestão em redes?. Revista do Serviço Público,

Brasília, v. 60, n. 1, p. 29-46, jan./mar. 2009.

COÊLHO, D. B. Competição Política e a Difusão de Programas de Transferência de Renda no Brasil: um estudo empírico com a

metodologia de Event History Analysis. 2009. 160f. Tese (Doutorado em Ciência Política), Universidade Federal de Pernanbuco, Recife,

COTTA, T. C.; PAIVA, L. H. O programa bolsa família e a proteção social no Brasil. In: CASTRO, J. de A.; MODESTO, L. (Org.).

Bolsa Família 2003-2010: avanços e desafios. Brasília/DF: IPEA, v. 1, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HAIR, J. F.; BABIN, B.; MONEY, A. H.; SAMOUEL, P. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre:

Bookman, 2005.

HAIR, J. R; BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E. Multivariate Data Analyses. 7. Ed. New Jersey: Pearson, 2010.

HÖFLING, E. de M. Estado e políticas (públicas) sociais. Cadernos Cedes, Campinas, v. 21, n. 55, p. 30-41, 2001.

HORA, H. R. M. da.; MONTEIRO, G. T. R.; ARICA, J. Confiabilidade em Questionários para Qualidade: Um Estudo com o

Coeficiente Alfa de Cronbach. Produto & Produção, v. 11, n. 2 .p. 85-103, jun. 2010.

IBASE. INSTITUTO BRASILEIRO DE ANÁLISES SOCIAIS E ECONÔMICAS. Repercussões do Programa Bolsa Família sobre

a alimentação. In: Repercussões do Programa Bolsa Família na segurança alimentar e nutricional: relatório síntese. Rio de Janeiro, p.

-49, 2008.

IPEA. INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Nota Técnica: Sobre a recente queda da desigualdade de renda no

Brasil. In: BARROS, R. P. de; FOGUEL, M. N.;

ULYSSEA, G. (org.). Desigualdade de Renda no Brasil: uma análise da queda recente. Brasília/DF: IPEA, v. 1, 2007, p. 15-85.

____. Pobreza – taxa de pobreza. Disponível em: . Acesso em: 06 ago. 2014a.

____. Pobreza – taxa de extrema pobreza. Disponível em: . Acesso em: 06 ago. 2014b.

FERRO, A. R.; KASSOUF, A. L. Avaliação do impacto dos programas bolsa-escola sobre o trabalho infantil no Brasil. Pesquisa e

Planejamento Econômico, v. 35, n. 3, dez. 2005.

LAVINAS, L. Texto para discussão nº 596. Rio de Janeiro: IPEA, out. 1998.

LAVINAS, L.; BARBOSA, M. L. de O. Combater a pobreza estimulando a frequência escolar: o estudo de caso do programa bolsaescola

do Recife. Revista Dados, Rio de Janeiro, v. 43, n. 3, 2000.

LICIO. E. C.; MESQUITA. C. S.; CURRALERO. C. R. B. Desafios para a coordenação intergovernamental do programa bolsa

família. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 51, n. 5, p. 458-470, set/out. 2011.

MDS. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Estudo sobre o perfil das famílias que sofreram

repercussões sobre o benefício do programa bolsa família em decorrência do processo de revisão cadastral. In: Caderno de

estudos. Desenvolvimento social em debate. Síntese das pesquisas de avaliação de programas sociais do MDS 2011-2014. JANNUZI,Paulo; QUIROGA, Júnia (org.). Brasília, DF, n. 16. p. 35-38, mar. 2014a.

___. Revisão cadastral. Disponível em:

revisao-cadastral>. Acesso em: 18 ago. 2014b.

___. O Brasil sem miséria no seu município: Santo Ângelo/RS. Disponível em: .

Acesso em: 19 nov. 2014c.

___. Bolsa Família: uma década de resultados para a família. Disponível em: . Acesso

em: 29 out. 2013a.

___. Bolsa Família. Benefícios. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2014d.

___. Bolsa Família. 2013. Disponível em: . Acesso em: 18 out. 2013b.

OLIVEIRA, M. M. de. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2007.

PAIVA, L. H.; FALCÃO, T.; BARTHOLO, L. Do Bolsa Família ao Brasil Sem Miséria: um resumo do percurso brasileiro recente na

busca da superação da pobreza extrema. In:

CAMPELLO, T.; NERI, M. C. (org.). Programa Bolsa Família uma década de inclusão e cidadania. Brasília/DF: IPEA, 2013, p.

-46.

PIMENTA, M. de C. A.; PIMENTA, L. F. Globalização de desafios urbanos: políticas públicas e desigualdade social nas cidades

brasileiras. Revista Latinoamericana de Estudios Urbano Regionales, v. 37, n. 112, p. 43-61, set. 2011.

PDRAE. Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. Câmara da Reforma do Estado. Brasília, 1995.

QUINHÕES, A. T.; FAVA, V. M. D. Intersetorialidade e transversalidade: a estratégia dos programas complementares do Bolsa

Família. Revista do Serviço Público, Brasília, v. 61, n. 1, p. 67-96, jan./mar. 2010.

RESENDE, A. C. C.; OLIVEIRA, A. M. H. C. de. Avaliando resultados de um programa de transferência de renda: o impacto do bolsaescola

sobre os gastos das famílias Brasileiras. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 235-265, abr./jun. 2008.

ROCHA, S. Transferências de renda: o fim da pobreza. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

SANTOS, C. R. B.; MAGALHÃES, R. Pobreza e política social: a implementação de programas complementares do programa bolsa

família. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de janeiro, v. 17, n. 5, jan./mai. 2012.

SENNA, M. C. M.; BURLANDY, L.; MONNERAT, G. L.; SCHOTTZ, V.; MAGALHÃES, R. Programa bolsa família: nova

institucionalidade no campo da política social brasileira?. Revista katálysis, v. 10, n. 1, p. 86-94, jan./jun. 2007.

SILVA, M. O. da S. e. Pobreza, desigualdade e políticas públicas: caracterizando e problematizando a realidade brasileira. Revista

Katálysis, Florianópolis (SC), vol. 13, n.2, p. 155-163, jul./dez. 2010.

SILVA, M. O. da S. e.; YAZBEK, M. C.; GIOVANNI, G. di. A política social brasileira no século XXI: A prevalência dos programas

de transferência de renda. 6 ed. São Paulo: Cortez, 2012.

SILVA, M. O. da S. e. A trajetória dos programas de transferência de renda e seus desafios atuais: articulação com políticas estruturantes

e unificação. Pensar BH/Política social. abr./jun. 2006.

SMASTC/SA. SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E CIDADANIA DE SANTO ANGELO. Arquivo dos

benefícios cancelados em Santo Ângelo no período 2004-2013. Santo Ângelo, RS, 2014, CD ROM.

SOARES, F. V.; SOARES, S.; MEDEIROS, M.; OSÓRIO, R. G.; Texto para discussão nº 1228. Brasília: IPEA, out. 2006.SOARES, S.; SÁTYRO, N. Texto para discussão nº 1424. Brasília, DF, IPEA, out. 2009.

SUPLICY, E. M. Renda Básica: A resposta está sendo soprada pelo vento. Revista de Economia Política, v. 23, n. 02 (90), abr./jun.

TESTA, M. G.; FRONZA, P.; PETRINI, M.; PRATES, J. C. Análise da contribuição do programa bolsa família para enfrentamento

da pobreza e a autonomia dos sujeitos beneficiários. Revista de Administração Pública, Rio de janeiro, v. 47, n. 6, nov./dez. 2013.

VIEIRA, S. Como elaborar questionários. São Paulo: Atlas, 2009.

WEISSHEIMER, M. A. Bolsa Família: avanços, limites e possibilidades do programa que está transformando a vida de milhões de

famílias no Brasil. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: