AÇÕES PÚBLICAS PARA AS ARTES VISUAIS:PROPOSTA DE AGENDA CULTURAL PARA O ENSINO MÉDIO DAS ESCOLAS ESTADUAIS EM TERESINA-PI

Judith Guacyra de Siqueira Rêgo

Resumo


O presente artigo explora questões relativas às ações públicas orientadas às artes visuais e apresenta proposta deagenda cultural para o ensino médio das escolas estaduais em Teresina-PI. O Estado do Piauí pode ser consideradoum dos maiores produtores de arte e cultura do Brasil, com toda sua diversidade de manifestações artísticoculturaisprincipalmente no campo das Artes Visuais. Tal fato, contudo, ainda não é reconhecido, nem mesmo,no próprio Estado; por outro lado, evidências indicam anseio por parte de escolas e de gerências regionais,para que haja projetos mais bem definidos no campo das Artes Visuais. O objetivo desta pesquisa foi levantare analisar as limitações que se tem colocado para por em prática uma Agenda Cultural voltada o campo dasArtes Visuais, no Ensino Médio Regular, para escolas estaduais em Teresina-PI. Na sequência, o trabalho tevecomo perspectiva apresentar algumas proposições que podem vir a orientar as ações públicas nesse tema. Osprocessos metodológicos utilizados foram pautados em pesquisa bibliográfica, observação in loco e levantamentonas instituições competentes de dados acerca das ações públicas no campo das Artes Visuais. Os resultadosindicaram que além de formação continuada para os professores e para toda a equipe escolar dedicada às artesvisuais na escola, incluindo os temas dos saberes e fazeres das expressões culturais populares ou tradicionais, opoder público precisa priorizar, entre os objetivos programáticos, o destaque à cultura, às linguagens artísticas eao patrimônio cultural.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Suami Paula de. Ações de Cultura. AT11 Jornalismo em Tempo Real, Suzano, 31 ago. 2012. Disponível em:

at11.com.br/index.php/cultura/2352-acoes-de-cultura> Acesso em: 7 dez 2012.

BARBOSA, Ana Mae. Inquietações e Mudanças no Ensino da Arte. São Paulo: Cortez, 2007. Disponível em:

blogspot.com.br/2010/03/barbosa-ana-mae-inquietacoes-e-mudancas.html> Acesso em: 30 nov 2012.

________________. Lições de Liberdade. .Net, São Paulo, nov. 2005 - fev. 2006. Onda jovem: arte e cultura. Disponível em:

www.revistaondajovem.com.br/indice.asp?idedicao=3> . Acesso em: 30 nov. 2012.

________________. Arte, Educação e Cultura. Domínio Público. Disponível em:

texto/mre000079.pdf> Acesso em: 28 nov. 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. PCN + Ensino médio: orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares

Nacionais. Brasília: MEC, SEMTEC, 2002. 244p.

_______. _________________. Orientações curriculares do ensino médio. Brasília: MEC, SEB, 2004.

_______. _________________. Orientações curriculares para o ensino médio: Linguagens, códigos e suas tecnologias. v. 1.

Brasília: MEC, SEB, 2006. 239p.

_______. _________________. Parâmetros Curriculares Nacionais: ensino médio. Brasília: MEC, SEMTEC, 2002. 360p.Programa: Ensino Médio Inovador – Documento Orientador. Brasília: Secretaria de Educação

Básica, 2009.

BRASIL. Ministério da Cultura. Relatório 2006 – Relatório Final da Reunião da Câmara Setorial de Artes Visuais. In: CÂMARA

E COLEGIADO SETORIAL DE ARTES VISUAIS: RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2005-2010. Brasília: Conselho Nacional de

Políticas Culturais, 2011. Disponível em:

pdf> Acesso em: 10 nov. 2012.

_______. ________________. As Metas do Plano Nacional de Cultura. Brasília: Secretaria de Políticas Culturais, 2012.

BOTELHO, Isaura. Ministério da Cultura: Um olhar sobre o presente. In: RUBIM, L.; MIRANDA, N. (Org.). Transversalidades da

cultura. Salvador: EDUFBA, 2008. p. 115-121.

FRIGOTTO, Gaudêncio. CIAVATTA, Maria. A busca de articulação entre trabalho, ciência e cultura no ensino médio. In:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Ensino Médio: Ciência, Cultura e Trabalho. ¬¬_________________. (Org.). Brasília: MEC, SEMTEC,

p. 11-34.

KATO, Gisele. Os 7 mandamentos da arte. Revista Bravo! Seção Artes Visuais. São Paulo, n. 0170, p. 24-35, out. 2011.

LIMA, Eduardo Henrique de Matos. A arte-educação no Processo de ensino-aprendizagem através da cultura popular. Santa

Catarina: Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Educação Estética – GEDEST/UNESC. Disponível em:

net/seilacs/arteeduca_eduardolima. pdf> Acesso em: 8 dez 2012.

PIAUÍ (Estado). Decreto nº 631, de 12 de outubro de 1965. Dispõe sobre o Conselho Estadual de Cultura. Poder Executivo, Teresina,

PI, 2012a. Disponível em: Acesso em: 10 out. 2012.

____________. Decreto nº 616-A, de 30 de novembro de 1965. Aprova o regimento do Conselho Estadual de Cultura do Piauí.

Poder Executivo, Teresina, PI, 2012b. Disponível em: Acesso

em: 10 out. 2012.

____________. Fundação Cultural. Relatório – Gestão Cultural: 2003-2010. Teresina, 2010.

____________. Lei complementar nº 31, de 17 de julho de 2003. Autoriza o Poder Executivo a instituir a Fundação Cultural do Piauí

– FUNDAC, e dá outras providências. Lex: coletânea de legislação, Piauí, 2012c. Disponível em:

default/ato/12377> Acesso em: 10 mai. 2012.

____________. Regimento Interno do Conselho Estadual de Cultura do Piauí. Diário Oficial [do] Estado do Piauí, Poder Executivo,

Teresina, PI, n. 203, 27 out. 2011a. Seção Leis e Decretos, p. 11-14. Disponível em:

php?dia=20111027> Acesso em: 10 out 2012.

____________. Regimento [da] Secretaria Estadual da Educação e da Cultura. [online] Poder Executivo, Teresina, PI, 2011b. Seção

Secretaria. Disponível em: Acesso em: 10 out. 2012.

____________. Secretaria Estadual de Educação e Cultura. Referenciais curriculares do ensino médio da rede estadual do Piauí.

Teresina, SEDUC, 2006.

SANTOS, Erton Kleiton Cabral dos. BARROS, Ana Maria. Educação e cultura: O papel da arte educação na formação de protagonismos

na juventude pernambucana. .Net, Caruaru, 2010.1. Revista Eletrônica da Faculdade de Direito de Caruaru. Disponível em:

www.ufpe.br/ppgdh/images/documentos/anamb5.pdf> Acesso em: 30 nov. 2012.

SENA, Luana; PEDROSA, Liliane. Reportagem de Capa. O novo jogo da Arte, Revestrés, Teresina, n.4, p.32-38, set-out. 2012.TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Do projeto ao relatório de pesquisa. Net, Acervo digital da UNESP. São Paulo, 2011.

Disponível em: Acesso em:10 out. 2012.

UNESCO. Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre a Educação para

o século XXI. Brasília: Setor de Educação da Representação da UNESCO, 2010. Disponível em:

images/0010/001095/109590por.pdf> Acesso em: 28 nov. 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: