DO FATO SOCIAL AO PROBLEMA POLÍTICO: ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DE PROTETORES E ATORES PÚBLICOS SOBRE OS ANIMAIS DE RUA EM TRÊS MUNICÍPIOS DO RIO GRANDE DO NORTE

Danielle de Araújo Bispo, Hironobu Sano

Resumo


O objetivo desse artigo foi responder ao seguinte questionamento: como a situação dos animais de rua se transformou em um problema político em três municípios do Rio Grande do Norte? Como caso de estudo foi considerada a situação de animais domésticos, nomeadamente cães e gatos, em situação de vulnerabilidade social (que estão abandonados nas ruas). Buscou-se estudar tal situação em três municípios do Rio Grande do Norte: Natal, Mossoró e Assu. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, utilizando o questionário autoadministrado com perguntas abertas como técnica de coleta de dados. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo. O fato social vivenciado nos três municípios é idêntico. O problema foi identificado em todos eles como a reprodução descontrolada de animais de rua e a solução apontada para resolver o problema foi a esterilização. Cada município teve sua particularidade na forma de transformar o fato social em problema político e a presença do agenda setters se mostrou mais importante do que as mobilizações sociais para incluir um tema na agenda política. 


Palavras-chave


Fato Social; Problema Público; Problema Político; Agenda Política; Agenda Setters.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: