GASTOS SOCIAIS E O CRESCIMENTO ECONÔMICO DOS MUNICÍPIOS MINEIROS

Priscila Ferreira de Paula, Marco Aurélio Marques Ferreira, Karla Maria Damiano Teixeira

Resumo


Este artigo buscou identificar a relação existente entre os gastos sociais e o crescimento econômico dos municípios de Minas Gerais em 2010. Além disso, verificou-se qual a melhor defasagem de tempo para avaliar a influência desses gastos, bem como o padrão de distribuição dos mesmos. Foi utilizado o modelo de regressão multinomial e o teste de média Kruskal-Wallis. Observou-se que os gastos com assistência social e cultura apresentaram uma relação negativa com o crescimento do produto, enquanto que os gastos com saúde, urbanismo e saneamento apresentaram uma relação positiva. Já os gastos relativos à educação não se mostraram estatisticamente significantes. 


Palavras-chave


crescimento econômico; PIB; gastos sociais; gastos públicos; produtividade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: