MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO APLICADA À RESTITUIÇÃO DE BENS PELA INCORPORAÇÃO DE TECNOLOGIAS DE RASTREABILIDADE

RICARDO ANTONIO BICALHO, FERNANDO HADAD ZAIDAN

Resumo


Considerando as tendências e os avanços tecnológicos no cenário mundial, associado ao tempo de reação nas relações comerciais entre empresas e clientes, é importante que as organizações estejam com suas estruturas administrativas preparadas para disponibilizar serviços de interação rápidos, confiáveis e seguros. No ambiente da Segurança Pública, o objetivo central deste artigo foi identificar por meio da operacionalização das técnicas de modelagem de processos de negócio (BPMN), que incorporadas às demandas das organizações, diminua o tempo de resposta para as ações necessárias referentes à restituição de bens apreendidos derivados de crimes contra o patrimônio, extraviados em deslocamento ou de procedência duvidosa. Desta forma, como resultado, foi possível identificar e compreender os aspectos do comportamento organizacional e interorganizacional das instituições. A expectativa foi estabelecer parâmetros que poderão sensibilizar sobre a necessidade da criação de novos procedimentos, para o aumento da eficiência e a inclusão da tecnologia, principalmente em processos jurídicos que envolvem bens apreendidos e a política criminal no Brasil.


Palavras-chave


Morosidade Processual; Destinação de bens apreendidos; Gestão de Processos de Negócio; Gestão de bens apreendidos; Rastreabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: