A RELAÇÃO ENTRE O CICLO POLÍTICO, A CONTABILIDADE GOVERNAMENTAL E REELEIÇÃO

Jenaldo Alves de Araujo

Resumo


A presente pesquisa tem como objetivo verificar se as receitas, despesas e investimentos públicos, caracterizadas por indicadores obtidos nas demonstrações contábeis do setor público, se exercem influência na recondução de prefeito. A metodologia utilizada foi a regressão logística por ser adequada ao caso específico. Para a consecução deste estudo foram coletados dados do IBGE, TCE-RO, TSE relativos aos municípios rondonienses no período de 2004 a 2016. Os resultados obtidos sugerem que despesa e receita de capital influenciam, favoravelmente, na recondução do prefeito, enquanto que, no tocante às variáveis sociodemográficas, PIB e IDH, capital político municipal apontam uma relação positiva entre o tamanho da população e a reeleição. Em geral, todas as variáveis testadas indicam efeito significativo e, por sua vez, têm impacto na recondução dos prefeitos e corroboram a rejeição da hipótese, razão pela qual prevalece a hipótese nula.


Palavras-chave


Contabilidade Pública; Ciclos Políticos; Investimentos Públicos; Reeleição Regional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: