BALANCED SCORECARD COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PÚBLICA (BALANCED SCORECARD AS TOOL TO PUBLIC ADMINISTRATION)

Argemiro de Souza Leão Filho, Armando Luís do Nascimento

Resumo


Devido ao aumento da exigência da sociedade por serviços de qualidade, e transparência na aplicação dos recursos, tornou-se essencial para a administração pública buscar novos modelos para modernizar a sua gestão. As empresas de serviços públicos procuram hoje orientar a sua gestão para resultados e melhorias de desempenho. O sucesso da gestão depende de uma estratégia clara e de qualidade, que mobilize todos os envolvidos, alinhando as ações operacionais com essa estratégia para alcançar a melhoria contínua dos níveis de desempenho. O Balanced Scorecard em conjunto com os mapas estratégicos tem sido provavelmente, a ferramenta mais utilizada nos últimos anos para comunicar, monitorar e avaliar a execução da estratégia. O processo de melhoria tem envolvido também os serviços públicos brasileiros, todavia, apesar de existirem algumas experiências, verifica-se um déficit generalizado de desempenho, que está explícito na forma como a opinião pública se refere à falta de eficiência, rapidez e qualidade dos serviços. Este trabalho propõe a idéia de que as melhorias dos serviços públicos brasileiros podem e devem ser feitas. Os líderes têm um papel fundamental nesta mudança e precisam de metodologias consistentes e fáceis de entender. O Balanced Scorecard, já conhecido de muitos dirigentes brasileiros, tem potencial para dar essa contribuição, desde que seja corretamente utilizado.

 

Palavras-chave: Balanced Scorecard; Serviços Públicos; Eficiência.

 

Abstract

Due to increased demand from society for quality services and transparency in the application of resources, it has become essential for the government to seek for new models to modernize its management. The utilities seek today to guide its management for results and improving performance. The management success depends on a clear quality strategy and to mobilize all those involved, aligning actions with the operational strategy to achieve the continuous improvement of performance levels. The Balanced Scorecard, in conjunction with strategic maps, has been probably the most used tool in recent years to communicate, monitor and evaluate the implementation of the strategy. The process of improvement has also involved the Brazilian utilities; however, although there are some experiences, there is a widespread lack of performance, which is explicit in how the public opinion refers to the lack of efficiency, speed and quality of services. This paper proposes the idea that improvements in Brazilian utilities can and should be made. The leaders have a vital role in this change and need consistent methodologies easy to understand. The Balanced Scorecard, already known to many Brazilian leaders, has the potential to make this contribution, provided it is properly used.

 

Key-words: Balanced Scorecard; Utilities; Efficiency


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B4; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B5; COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO: B5; ECONOMIA: B5; INTERDISCIPLINAR: B5; SOCIOLOGIA: B4. 

 

Publicação e Apoio:

 

 

RGP está indexada em:

 

Instituições de referência para a RGP: