Temporal analysis of events of drought in the municipalities of Caraúbas and Monteiro - PB

André Aires de Farias, Francisco de Assis Salviano de Sousa, Telma Lucia Bezerra Alves, José Thyago Aires Souza

Abstract


A seca é um prolongado período de déficit hídrico e ocorre quando um site recebe chuvas abaixo dos níveis normais. O objetivo deste estudo foi identificar e analisar as secas severas e extremas que ocorreram nos municípios de Caraúbas e Monteiro. Os dados de precipitação foram obtidos através da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA). Foram utilizados dados totais precipitados mensais no período de 1931-2014 para Caraúbas e Monteiro. Para monitorar as secas foi utilizado o Índice Padronizado de Precipitação. O site Caraúbas apresentados mais secas do que Monteiro Isto é explicado pelo fato de o Cariri Oriental a ser mais seco do que o ocidental. No total Caraúbas apresentou 35 secas (severa e extrema 32 3) e Monteiro 32 (5 extremas 27 grave e). Poderia também ser notado que em Caraúbas houve secas severas e extremas durante a década de 1930 e 2000. Já em Monteiro havia na década de 1940 e 1960. Em relação às quantidades de secas que ocorreram em Caraúbas, a ordem é a seguinte : 1950> 1970> 1980> 2010> 1990> 1940. Já Monteiro, 1980> 1930> 1950> 2010> 1990> 1970. As secas mais severas em Caraúbas foram os de 1952-1955, 2012-2014, 1998-1999 e 1979-1984. Monteiro mostrou maior gravidade em 1981-1984, 1998-2000 e 2012-2014. De acordo com estes dados concluímos que não houve mais secas na década de 2010 do que no ano anterior, a ocorrência de variações são normais para um fenômeno cíclico.


Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29150/jhrs.v6i2.22730

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c)