Sentido, Referência e Computação

Bruno Bentzen

Resumo


Neste artigo, eu revisito a teoria do sentido e referência de Frege no cenário construtivo das explicações de significado da teoria dos tipos, estendendo e aprimorando a análise em termos de programa-valor da teoria de sentido e referência proposta por Martin-Löf, baseada em trabalhos anteriores de Dummett. Eu proponho um critério de identidade computacional para senti-dos e defendo que ele valida o que considero a interpretação mais plausível do princípio de equipolência de Frege, tanto para sentenças quanto para ter-mos singulares. Antes de fazer isso, examino a implementação de Frege de sua teoria dos sentidos e referência no quadro lógico de Grundgesetze, sua doutrina dos valores da verdade, e sua interpretação de igualdade de sentido como equipolência de afirmações.

Palavras-chave


Sentido. Referência. Computação. Teoria dos tipos.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Bruno Bentzen

Esta é uma revista de acesso aberto. Isto significa que todo o conteúdo está disponível de maneira livre e gratuita para o usuário (a) ou para sua instituição. Aos usuários (as) é permitido ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, fazer buscas e usar o link para os textos completos de artigos ou usá-lo para qualquer outra finalidade legal, sem ter que pedir permissão para editores ou autores. 

Licença Creative Commons
Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva Filosófica está indexada atualmente pelo DIADORIM, pelo Sumário.org, pelo Google Scholar, pela REDIB e pelo LATINDEX.