Permanências e Avanços do Trabalho Doméstico: um olhar sobre Campos dos Goytacazes-RJ

Marusa Bocafoli Silva, Marinete dos Santos Silva

Resumo


Esse trabalho tem como objetivo analisar as permanências e os avanços do trabalho doméstico tendo como campo de análise a cidade de Campos dos Goytacazes (maior município do interior do Estado do Rio de Janeiro). A partir de dados de entrevistas realizadas com patroas e empregadas domésticas, pretende-se compreender a manutenção de uma relação de trabalho baseada na desvalorização social desse tipo de função, ao mesmo tempo em que se faz presente no discurso das entrevistadas a ideia de “pertencimento à família”. Entretanto, essa aproximação não assegura que a empregada tenha, em muitos casos observados, a garantia de seus direitos. É possível também, vislumbrar nessa realidade algumas perspectivas de avanço, o que pode assinalar para uma possibilidade de transformação desse tipo de trabalho. Ressalta-se o melindre que envolve esse tipo de relação em que as mulheres se aproximam por sua condição de gênero e se distanciam pela desigualdade social bem marcada nesse tipo de relação trabalhista.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Marusa Bocafoli Silva, Marinete dos Santos Silva