ESPAÇOS, MITOS E ADAPTAÇÕES: UMA ANÁLISE DAS CONVERSÕES E TRANSFORMAÇÕES DE LENDAS AMAZÔNICAS

Rudá S. de Pinho

Resumo


Resultado de discussões da disciplina Antropologia e Meio Ambiente, ofertada pelo Programa Regional de Pós-Graduação e Meio Ambiente (PRODEMA), objetivo neste artigo trazer uma análise sobre alguns mitos e lendas amazônicas cujas características principais estejam no processo de metamorfose dos personagens desses mitos nas ordens humano-animal-humano, animal-humano-animal e planta-humano-planta, considerando as transformações e adaptações que tais narrativas apresentam dentro de um contexto de migrações na região amazônica e inchaço populacional de suas capitais, mais especificamente da cidade de Belém. Para tanto, utilizo fontes da literatura regional à respeito das lendas, bem como pesquisas do campo da sociologia e antropologia e da história, para a construção de uma análise mais densa que percorre, à todo momento, a discussão e embate da dicotomia Natureza/Cultura, relacionando o meio ambiente enquanto uma construção e projeção da mentalidade com produções culturais e suas práticas sociais.


Palavras-chave


Lendas amazônicas; Mitos; Natureza/Cultura; Adaptação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Rudá S. de Pinho