NOTAS SOBRE O ENSINO DE CIÊNCIAS SOCIAIS/SOCIOLOGIA NO BRASIL E NO MÉXICO: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DOS MANUAIS ESCOLARES

Jefferson Evanio da Silva

Resumo


Esse artigo objetiva analisar, em chaves comparativas, os objetivos atribuídos ao ensino das Ciências Sociais/Sociologia na educação básica e o tratamento conferido ao tema da política em livros didáticos no Brasil e no México. Ancorado na perspectiva pós-estruturalista e na metodologia da análise do discurso de filiação francesa, analisamos enunciados extraídos desses manuais. Analisam-se o manual mexicano Introducción a las Ciencias Sociales e o manual brasileiro Tempos Modernos, Tempos de Sociologia. A pesquisa aponta para a existência de semelhanças com relação ao papel atribuído às Ciências Sociais/Sociologia na formação dos jovens estudantes nos dois países e, por outro lado, identifica diferenças significativas no tratamento conferido ao tema da política. No último caso, o tratamento dado ao tema oscila entre uma dimensão institucionalista e outra que tem privilegiado a abordagem conceitual, teórica e histórica.


Palavras-chave


Ensino de Ciências Sociais/Sociologia, educação em política, manuais escolares

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Jefferson Evanio da Silva